Jornal do Commercio
Segundo Turno

Na estreia do guia no rádio, Bolsonaro ataca PT; Haddad ignora Lula

O candidato do PSL chamou Haddad de ''boneco de Lula'', enquanto o petista afirma que a democracia está em risco

Publicado em 12/10/2018, às 11h00

O horário eleitoral do segundo turno entre Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) começa nesta sexta-feira (12) / Fotos: MIGUEL SCHINCARIOL, DANIEL RAMALHO / AFP
O horário eleitoral do segundo turno entre Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) começa nesta sexta-feira (12)
Fotos: MIGUEL SCHINCARIOL, DANIEL RAMALHO / AFP
Estadão Conteúdo

Na estreia do horário eleitoral gratuito no segundo turno no rádio, o candidato Jair Bolsonaro (PSL) partiu para o ataque contra o PT e seu adversário, Fernando Haddad. Já o programa do petista ligou o concorrente à onda de violência gerada na campanha à Presidência da República e não citou, como havia feito no primeiro turno, o nome do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Bolsonaro, que praticamente estreou no horário eleitoral, já que na primeira fase da campanha tinha menos de 10 segundos por programa, lembrou a ascensão do socialismo e do comunismo na América Latina, citou a criação do Foro de São Paulo, "grupo liderado por Lula e Fidel Castro (ex-presidente de Cuba)" e até divulgou um áudio do ex-presidente brasileiro, preso em Curitiba "Todos que participaram do Foro de São Paulo chegaram ao poder", diz Lula.

O programa do candidato do PSL informou que Cuba é o país mais atrasado do mundo, lembrou as crises na Venezuela e do Brasil, governado pelo PT entre 2003 e 2016. "Estamos à beira do abismo (...) fizeram de Brasília um balcão de negócios e muitos estão presos". A locução citou também que o vermelho, cor do PT, jamais foi a cor da esperança.

Nesse primeiro programa eleitoral de Bolsonaro, Haddad foi chamado de "boneco de Lula", e declarações de pessoas procuram afastar as acusações de racista e machista de Bolsonaro. "Sou mulher e negra. PT nunca mais. A nossa bandeira é verde e amarela", afirma uma apoiadora do deputado federal. Na parte final, Bolsonaro é apresentado ao eleitor e reforça a questão feminina, com a repetição do relato emocionado de uma reversão de vasectomia para que pudesse ter uma filha, Laura, a única mulher após quatro homens.



Haddad

Na abertura do programa do candidato petista, a mensagem foi a de que a "democracia está em risco" e o que o segundo turno, "que deveria ser de debate de propostas, foi transformado por seguidores de Bolsonaro em onda de violência". As declarações do candidato do PSL de que iria "fuzilar a petralhada", é alternada com vários relatos de violência, como o assassinato do mestre de capoeira e produtor cultural Môa do Katendê, em Salvador (BA), com 12 facadas, após defender o voto no PT. Em seguida, Haddad repete o bordão que seu sonho é oferecer aos brasileiros ao menos uma oportunidade, com educação e emprego, "um livro em uma mão e uma carteira assinada na outra".

Ao contrário de Bolsonaro, que está no terceiro casamento, o programa do petista cita a relação de 30 anos com Ana Estela e filhos Frederico e Carolina. Lembrou que Haddad foi ministro da educação e reforça o pedido de paz antes de citar algumas propostas para o governo, caso eleito - além de emprego, a retomada de obras paradas, incentivo à construção civil e a criação do ensino médio federal.

Ao final, Haddad afirma que é hora de "olhar para frente", pede união e o voto "mesmo que você eleitor tenha votado em outro candidato no primeiro turno, eu quero conversar com você", disse "Essa campanha não é de um partido, é dos que querem mudar para melhor o nosso País (...) Vamos nos unir, a hora é agora. Quero contar com todos que são a favor da democracia e dos direitos do povo".

Ao contrário do primeiro turno, quando Lula dominou os programas de Haddad, o ex-presidente, ao menos neste primeiro, não foi lembrado.



Comentários

Por Andrade,12/10/2018

BOLSONARO fala uma VERDADE, HADDAD, fala uma UTOPIA. Pessoal, não se deixem levar com essa história que é perigo à democracia. Isso não existe. Se os militares quisessem tomar o poder, já teriam feito quando houve grande clamor popular para tal. NINGUÉM AGUENTA MAIS O PT E A CORRUPÇÃO. #BOLSONARO 17

Por Silvio Dias,12/10/2018

Cai o pano!!! O Brasil é um País FASCISTA !!!

Por Armando Ferreira,12/10/2018

O BRASILEIRO NÃO VAI CAIR NA ONDA DESTE CORRUPTO QUE ESTA QUERENDO SE APRESENTAR COMO OVELHA. NÓS JA CONHECEMOS O DITO CUJO QUE TEM NAS VEIAS O SANGUE DA CORRUPÇÃO, FORA " PT " QUEREMOS UM BRASIL MELHOR PRA NOSSOS FILHOS, ESSES BANDO DE LADRÕES NÃO VAI MAIS NOS ENGANAR.

Por THOMAS MAPOTER,12/10/2018

NÃO ADIANTA FAZER ESSE TEATRINHO DE ESCONDE-ESCONDE POIS O NORDESTE JÁ ESTÁ SABENDO DESSA PILANTRAGEM ENTRE A LAIA SUJA E IMUNDA DA ESQUERDA E O SUBMISSO DO PRESIDIÁRIO. PELO UM BRASIL MELHOR, 17 !

Por FERNANDO RIBEIRO ,,12/10/2018

JÁ ERA O ESPERADO ISSO NÃO TEM VEZ O SENHOR FERNANDINHO BEIRA MAR HADDAD JUNTO COM O MOLUSCO NA TENTATIVA E ALICIAR OS ADVESÁRIO MAIS ISSO COMBINA SÓ RESTA A DIZER QUE A SUA EXCELÊNCIA SENHOR PRESIDENTE DA REPÚBLICA JAIR MESSIAS BOLSONARO VAI TOMAR POSSE NO DIA 1º/01/2019



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Especial educação Especial educação
E se você descobrisse que o futuro ligado às tendências que irão norteá-lo já chegou? O mundo hoje é um mar de oportunidades, para conhecimento, informação e inovação. Cada vez mais o profissional precisa evoluir. Por isso veja o caminho a seguir
A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza
A capital cearense, diferentemente da pernambucana – embora nordestina também – deu um salto na infraestrutura viária voltada para as bicicletas. A cidade está repleta de ciclofaixas. Por toda parte. E a grande maioria conectada
Cantos e Recantos Cantos e Recantos
A temporada de sol está nos espreitando, e a Praia de Boa Viagem é sempre uma opção de passeio. Mas que tal ousar um pouquinho na quilometragem e desbravar outros destinos? Pernambuco tem muitos lugares fantásticos e você vai adorar o roteiro que o JC fe

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM