Jornal do Commercio
RETA FINAL

Haddad diz esperar uma declaração 'dura' de apoio de Ciro Gomes

''Ciro é meu companheiro de longa data. Tenho certeza que ele vai fazer uma fala dura nesta reta final e nos vamos vencer juntos'', disse o candidato

Publicado em 26/10/2018, às 13h40

O pedetista ficou em terceiro lugar no primeiro turno de votação / Fotos: AFP
O pedetista ficou em terceiro lugar no primeiro turno de votação
Fotos: AFP
JC Online

A menos de 48 horas do início da votação de segundo turno nas eleições 2018, o candidato do PT à Presidência da República, Fernando Haddad, afirmou nesta sexta-feira (26) esperar uma declaração "dura" de apoio do ex-governador do Ceará, Ciro Gomes (PDT), a seu favor na disputa contra o rival Jair Bolsonaro (PSL).

O pedetista ficou em terceiro lugar no primeiro turno de votação. Em seguida, viajou para a Europa. O retorno ao Brasil está previsto para esta sexta-feira (26).



Haddad deu entrevista por telefone à Rádio Super Notícia, de Minas Gerais. "Tenho maturidade suficiente para entender o comportamento das pessoas, e na política você sempre tem que ter postura de acolhida, sobretudo com quem pensa parecido com você. O Ciro é meu companheiro de longa data. Tenho certeza que ele vai fazer uma fala dura nesta reta final e nos vamos vencer juntos", disse o candidato do PT.

Intenções de voto

A última pesquisa Ibope/Estado/TV Globo de intenção de votos, divulgada em 23 de outubro, aponta Bolsonaro com 57% dos votos válidos, contra 43% de Haddad. Na entrevista para a rádio, o candidato do PT voltou a reclamar que o adversário evitou todos os debates previstos para o segundo turno e usou isto para tentar chegar ao nicho militar de votos do rival. "Como uma pessoa que tem como estratégia fugir vai ser o comandante em chefe das Forças Armadas? Não tem cabimento uma coisa dessas".


Palavras-chave


Comentários

Por EDINALDO ,26/10/2018

CIRO DEVE PENSAR NO FUTURO, ANTES DE APOIAR ESSE POSTE. e espero que lembre do que falou no guia eleitoral sobre o PT.

Por Camela,26/10/2018

Faz medo baixar nele o espírito do irmão, Cid.



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC 100 anos JC 100 anos
Para marcar os 100 anos de fundação, o JC publica este especial com um panorama do que se passou neste período em que o jornal retratou o mundo, com projeções de especialistas sobre o que vem por aí e com os bastidores da Redação do Jornal do Commercio
Sozinha nasce uma mãe Sozinha nasce uma mãe
Uma palavra se repete na vida dela: sozinha. Porque estava sozinha na gravidez. Sozinha na hora do parto. Sozinha nas primeiras noites de choro. Sozinha nos primeiros passos. Sozinha no registro civil. O JC conta histórias de luta das mães sozinhas
Segunda chance - Caminhos para ressocializar Segunda chance - Caminhos para ressocializar
Eles saem das prisões, mas as prisões não saem deles. Perseguem-nos até o final de suas vidas. Como uma condenação perpétua. Pena. Eles lamentam. Mas precisam seguir. E neste difícil caminho da ressocialização, o trabalho é uma espécie de absolvição.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM