Jornal do Commercio
stf

É preciso saber quem concebeu a Lava Jato, diz Mendes em palestra

Ao participar de debate no Grupo de Líderes Empresarias (Lide), em São Paulo, Mendes foi questionado sobre quando o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva vai ser sentenciado

Publicado em 23/11/2015, às 16h50

.
. "Essa estrutura (de corrupção) não se montou por geração espontânea", comentou
Foto: Pedro França/Agência Senado
Do Estadão Conteúdo

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes afirmou, na tarde desta segunda-feira (23) que o enredo da corrupção na Petrobras está incompleto, pois falta revelar as peças-chave, os mandantes do esquema de desvios. "O enredo está cheio de vogais, de partícipes secundários, mas quem concebeu isso? Os senhores sabem que essa história precisa ser contada com o mínimo de estrutura. Quem mandou que se fizesse assim na Petrobras? Quem deu orientação nesse sentido?", perguntou.

Ao participar de debate no Grupo de Líderes Empresarias (Lide), em São Paulo, Mendes foi questionado sobre quando o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva vai ser sentenciado. Em tom ponderado, Mendes respondeu que, por ora, Lula não foi sequer denunciado - e que antes de qualquer condenação é preciso haver processo. 



Mendes no entanto, fez uma provocação dizendo que a atual história decifrada pela operação Lava Jato está evidentemente incompleta e que desrespeita a inteligência da população. "Essa estrutura (de corrupção) não se montou por geração espontânea", comentou.

O ministro afirmou ainda que o PT já implementou o financiamento público de campanha que defende por meio do esquema de desvio dos cofres das estatais. "O partido do governo chegou ao financiamento público muito antes, o seu projeto de financiamento público já tinha sido implementado", acusou. 

O ministro não esclareceu, contudo, o que é necessário ou quem seria o responsável por completar o enredo da Lava Jato.




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Especial Nova Rotação Especial Nova Rotação
As cidades estão entrando em colapso. Refletem o resultado da mobilidade urbana convencional, um mal incorporado à sociedade e de difícil enfrentamento.Mas o momento de inverter essa lógica é agora. Criar uma nova rotação para as cidades, para as pessoas
JC Recall de Marcas 2019 JC Recall de Marcas 2019
Pitú e Vitarella são as marcas mais lembradas pelo consumidor pernambucano, de acordo com a edição 2019 do Prêmio JC Recall de Marcas. O ranking foi feito a partir de levantamento do Harrop Pesquisa para o Jornal do Commercio.
Especial Tempo de Férias Especial Tempo de Férias
O tempo das férias finalmente chegou e com ele os vários planos sobre o que fazer no período livre. O JC traz algumas dicas de como otimizar o período para voltar renovado do merecido descanso.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM