Jornal do Commercio
Banco Central

Impeachment e mudança de governo de forma legítima é uma das saídas, diz Pastore

Segundo Pastore, ingredientes políticos diminuem a potência da política monetária

Publicado em 18/03/2016, às 17h00

O impeachment da presidente Dilma Rousseff acompanhado da mudança de governo de forma legítima seria uma das saídas para a crise / Foto: José CruzAgência Brasil
O impeachment da presidente Dilma Rousseff acompanhado da mudança de governo de forma legítima seria uma das saídas para a crise
Foto: José CruzAgência Brasil
Do Estadão Conteúdo

O ex-presidente do Banco Central Affonso Celso Pastore defendeu nesta sexta-feira (18) uma mudança de rumos no cenário político brasileiro para aumentar a eficácia da política monetária e consequentemente maior no controle da inflação no País.

Segundo Pastore, ingredientes políticos diminuem a potência da política monetária. O impeachment da presidente Dilma Rousseff acompanhado da mudança de governo de forma legítima seria uma das saídas para a crise.

"Muda o governo, entra um governo com legitimidade, política econômica coerente, bem feita, com uma agenda de reformas, muda totalmente esse quadro. E aí voltamos a pensar numa política monetária", disse Pastore durante o seminário "Política Monetária no Brasil", em homenagem aos 70 anos do professor José Júlio Senna, na Fundação Getulio Vargas (FGV), no Rio.



Pastore alertou que, se não houver mudança, o Brasil caminha para uma crise tão grave quanto a de 1985, quando deixou o Banco Central, às vésperas da implementação do Plano Cruzado.

"Não tenho nada contra o regime de metas. Pelo contrário, adoro o regime de metas. Só que temos problemas no Brasil hoje que não dá para salvar com regime de metas de inflação. Precisamos salvar o Brasil hoje para poder trazer de volta o regime de metas", declarou o ex-presidente do BC.

A inflação oficial no País, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), foi de 10,67% em 2015, enquanto que o teto da meta estipulada pelo governo era de 6,5%.


Palavras-chave




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC 100 anos JC 100 anos
Para marcar os 100 anos de fundação, o JC publica este especial com um panorama do que se passou neste período em que o jornal retratou o mundo, com projeções de especialistas sobre o que vem por aí e com os bastidores da Redação do Jornal do Commercio
Sozinha nasce uma mãe Sozinha nasce uma mãe
Uma palavra se repete na vida dela: sozinha. Porque estava sozinha na gravidez. Sozinha na hora do parto. Sozinha nas primeiras noites de choro. Sozinha nos primeiros passos. Sozinha no registro civil. O JC conta histórias de luta das mães sozinhas
Segunda chance - Caminhos para ressocializar Segunda chance - Caminhos para ressocializar
Eles saem das prisões, mas as prisões não saem deles. Perseguem-nos até o final de suas vidas. Como uma condenação perpétua. Pena. Eles lamentam. Mas precisam seguir. E neste difícil caminho da ressocialização, o trabalho é uma espécie de absolvição.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM