Jornal do Commercio
CÂMARA DOS DEPUTADOS

Instituições estão sendo testadas, diz Eduardo Cunha

Para o presidente da Câmara, ''diante da tempestade'' política no País o ''PMDB se mostra, como sempre se mostrou, um porto seguro''

Publicado em 30/03/2016, às 11h18

"O PMDB sempre soube se pautar em defesa do interesse público, não faltou e não vai faltar com o País e com a população", disse Cunha
Foto: Valter Campanato/ Agência Brasil
Do Estadão Conteúdo

No dia seguinte ao rompimento do PMDB com o governo, o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), avaliou nesta quarta-feira (30), durante sessão solene em homenagem aos 50 anos do partido, que o País passa por uma situação de "extrema delicadeza na qual as instituições são constantemente testadas". 

Cunha lembrou que o PMDB é o partido com maior número de ocupantes de todos os cargos eleitos no País e disse que embora o partido seja uma "grande frente ainda herdada" - se referindo ao surgimento do partido durante o regime militar - "essa frente soube se juntar, a exemplo do que aconteceu ontem, por consenso, e acaba trilhando seu destino".



Para o presidente da Câmara, "diante da tempestade" política no País o "PMDB se mostra, como sempre se mostrou, um porto seguro" Cunha citou ainda o documento "Ponte para o Futuro", apresentando pelo partido como um programa econômico alternativo ao país, como uma base capaz de viabilizar o entendimento entre os partidos e desses com a sociedade.

"O PMDB sempre soube se pautar em defesa do interesse público, não faltou e não vai faltar com o País e com a população", concluiu Cunha durante pronunciamento de abertura da sessão solene em homenagem ao partido. O presidente da Câmara deixou por volta das 10h o plenário e voltou ao gabinete da Presidência da Câmara sem dar declarações.




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Irmã Dulce e as lições que se multiplicam Irmã Dulce e as lições que se multiplicam
A Santa Dulce dos Pobres deixou um legado enorme por todo o país, e não poderia ser diferente em Pernambuco. Veja exemplos de quem segue o "anjo bom da Bahia"
Jackson era grande demais para um pandeiro Jackson era grande demais para um pandeiro
Em pouco tempo, Jackson do Pandeiro deixou claro que não se tratava apenas de uma voz a mais no cenário artístico pernambucano. Confira especial sobre o artista
Especial Novo Clima Especial Novo Clima
O inverno não é mais o mesmo. E nem o verão. Os efeitos da crise climática alteraram a rotina de milhares de cidadãos das grandes cidades. O JC traz reportagens especiais desvendando o "novo clima"

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2020 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM