Jornal do Commercio
Eleições 2016

Confira os prefeitos eleitos nas capitais brasileiras

Segundo o TSE, as eleições envolveram cerca de 32,9 milhões de eleitores

Publicado em 30/10/2016, às 20h04

O TSE registrou mais de 300 ocorrências e mais de 80 prisões durante o período de votação / Foto: Divulgação
O TSE registrou mais de 300 ocorrências e mais de 80 prisões durante o período de votação
Foto: Divulgação
JC Online

Os pleitos do segundo turno realizados neste domingo (30) aconteceram em 57 municípios do país, sendo 18 deles capitais, com resultado dos prefeitos eleitos já divulgado. Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), as eleições envolveram cerca de 32,9 milhões de eleitores.

Além disso, foram registradas mais de 300 ocorrências e mais de 80 prisões durante o período de votação. Na maioria dos casos, a Justiça Eleitoral flagrou cabos eleitorais fazendo propaganda para candidatos, a tradicional boca de urna. De acordo com os dados, nenhum candidato foi preso.



No Rio de Janeiro, em decisão acirrada, Marcelo Crivella (PRB) deixou Marcelo Freixo (Psol) pra trás com 59,37% contra 40,63%. Confira abaixo os pleitos das capitas separados por região: 

 

Sudeste

Rio de Janeiro (RJ)

1.Crivella (PRB) – 59,37%

2.Marcelo Freixo (Psol) – 40,63%

 

Belo Horizonte (MG)

1.Kalil (PHS) – 52,98%

2.João Leite – 47,02 %

 

Vitória (ES)

1.Luciano (PPS) – 51,19%

2.Amaro Neto (SD) - 48,81%


Sul

Curitiba (PR)

1.Rafael Greca (PMN) – 53,25%

2.Ney Leprevost (PSD) – 46,75%

 

Florianópolis (SC)

1.Gean Loureiro (PMDB) – 50,26%

2.Angela Amim (PP) – 49,74%

 

Goiânia (GO)

1. Irís Rezende (PMDB) – 57,10%

2.Vanderlan (PSB) – 42,30%

 

Porto Alegre (RS)

1.Nelson Marchezando Júnior (PSDB) – 60,50%

2.Sebastião Melo (PMDB) – 39,50%

Norte

Belém –PA

1. Zenaldo Coutinho (PSDB) – 52,33%

2.Edmilson (Psol) – 47,67%

 

Macapá (AP)

1.Clécio (Rede) – 60,51%

2.Gilvam Borges – 39,49%

 

São Luís (MA)

1.Edivaldo Holanda Júnior (PDT) – 53,94%

2.Eduardo Braide (PMN) – 46,06%

 

Manaus (AM)

1.Artur Neto (PSDB) – 55,69%

2.Marcelo Ramos – 44,04%

 

Porto Velho (RO)

1.Dr.Hildon (PSDB)-65,15%

2.Léo Morais – 34,85%

 

Nordeste

Aracaju – SE 

1. Edvaldo Nogueira (PcdoB) - 52,11%

2. Valadares Filho (PSB) – 47,89%

Fortaleza (CE)

1.Roberto Claudio (PDT) – 53,57%

2.Capitão Wagner (PR) – 46,43%

 

Recife (PE)

1.Geraldo Julio (PSB)-61,30%

2.João Paulo (PT)- 38,70%

Maceió (AL)

1.Rui Palmeira – 59,98%

2.Cicero Almeida – 40,02%

Centro-Oeste

Campo Grande (MS)

1.Marquinhos Trad (PSD) - 58,77%

2.Rose Modesto (PSDB) – 41,23%


Cuiabá (MT)

1.Emanuel Pinheiros (PMDB) – 60,41%

2.Wilson Santos (PSDB) – 39,59%






Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Especial Tempo de Férias Especial Tempo de Férias
O tempo das férias finalmente chegou e com ele os vários planos sobre o que fazer no período livre. O JC traz algumas dicas de como otimizar o período para voltar renovado do merecido descanso.
Copa América no Brasil Copa América no Brasil
Confira a relação da Copa América com o Brasil, o histórico e detalhes da edição deste ano, na qual a seleção terá que se virar sem Neymar, cortado do torneio. Catar e Japão participam como convidados
O nome dele era Gabriel Diniz O nome dele era Gabriel Diniz
José Gabriel de Souza Diniz, o Gabriel Diniz, ou simplesmente GD como os fãs o chamavam, morreu precocemente, aos 28 anos, em um acidente com um pequeno avião no litoral sul de Sergipe ocorrido na segunda-feira, 27 de maio de 2019.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM