Jornal do Commercio
Desembarque

Secretário-geral do PSDB diz que Bruno Araújo não comunicou saída do ministério à Executiva Nacional

Bruno solicitou exoneração ao presidente Michel Temer na tarde desta segunda-feira

Publicado em 13/11/2017, às 19h07

Silvio Torres é deputado federal e secretário-geral do PSDB / Foto: Luis Macedo / Câmara dos Deputados
Silvio Torres é deputado federal e secretário-geral do PSDB
Foto: Luis Macedo / Câmara dos Deputados
Da Editoria de Política

O deputado federal Silvio Torres, secretário-geral do PSDB, informou, na noite desta segunda-feira (13), que o ex-ministro Bruno Araújo não comunicou à Executiva Nacional do PSDB que entregaria o cargo ao presidente Michel Temer (PMDB). "Como o ministro não comunicou sua decisão à Executiva, não se sabe quais foram as razões que o levaram a tomá-la", afirmou o parlamentar.

No fim da tarde, Bruno Araújo divulgou que havia solicitado ao presidente sua exoneração da chefia do Ministério das Cidades. Em carta a Temer, o tucano agradece ao seu partido, mas diz que "já não há mais nele apoio no tamanho que permita seguir nessa tarefa". O documento foi entregue ao peemedebista após cerimônia no Palácio do Planalto.

HIPÓTESES

Apesar de dizer que não foi comunicado oficialmente da saída de Bruno da pasta, Torres chegou a levantar algumas hipóteses que podem explicar a decisão do correligionário. "Ele pode ter decidido entregar o cargo por conta da divisão que há no partido, com algumas pessoas defendendo a saída do governo e outras não; a manifestação recente de líderes da legenda afirmando que o desembarque ocorreria em dezembro e até mesmo as informações de que o governo faria em breve uma reforma ministerial. Talvez ele quis mostrar que não tem apego ao cargo e se antecipou", comentou o deputado.



Além de Bruno, primeiro a desembarcar, ainda estão à frente de ministérios os tucanos Aloysio Nunes (Relações Exteriores), Luislinda Valois (Direitos Humanos) e Antonio Imbassahy (Secretaria de Governo). Questionado se os demais ministros também desembarcariam do governo, o secretário-geral do PSDB afirmou que, "até o momento", não possui essa informação.

DE VOLTA À CÂMARA

Deputado federal licenciado, com sua saída do Ministério das Cidades, Bruno Araújo deve retomar seu mandato na Câmara Federal. O Ministério das Cidades, que Bruno acaba de deixar, é uma das pastas mais cobiçadas por deputados do chamado centrão da Câmara, que une siglas como o PSD, o PP, o PTB e o PR, por exemplo.





Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Papai Noel o ano inteiro Papai Noel o ano inteiro
As luzes na cidade anunciam que o Natal já chegou. É nesta época do ano que o espírito natalino faz aflorar alguns dos sentimentos mais nobres. Agora iremos contar histórias de pessoas, organizações e empresas que fizeram da solidariedade missão de vida
Vida fit todo dia Vida fit todo dia
Apesar de a abertura do Verão no Brasil só acontecer em dezembro, no Nordeste há uma antecipação da data. Por esse motivo, que tal aproveitar esses meses de energia para cultivar bons hábitos e mudar o estilo de vida? Veja várias dicas de como se cuidar
BRT: E agora? BRT: E agora?
Ele está ferido, sofrido. Esquecido. E sem perspectivas de melhoria. Tem sobrevivido como é possível e, apenas pontualmente, esboça reações positivas. O sistema BRT, Bus Rapid Transit, tem sofrido de inanição em todo o País. E poderá se perder.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM