Jornal do Commercio
Eleições

Marina Silva diz que não aparece porque não está na Lava Jato

Marina conta que é vítima desde 2014 das notícias falsas, mas nem sempre aparece na repercussão

Publicado em 22/02/2018, às 11h07

A ex-senadora afirma que fazer de tudo para ganhar uma eleição, não é o melhor caminho na política / Foto: EBC
A ex-senadora afirma que fazer de tudo para ganhar uma eleição, não é o melhor caminho na política
Foto: EBC
JC Online
Com informações da Rádio Jornal

Em entrevista à Rádio Jornal na manhã desta quinta-feira (22), a pré-candidata a presidente, Marina Silva (Rede) disse que não é figura carimbada nos noticiários porque não é alvo de investigações na Operação Lava Jato, referência a diversos políticos que já foram citados ou objeto das apurações da Polícia Federal.

Marina também contou que é vítima de fake news (notícias falsas)desde 2014, mas nem sempre aparece na repercussão. "Como não estou na Lava-Jato, realmente não apareço nas páginas policiais, mas ainda assim meu nome aparece".

A ex-senadora afirma que fazer de tudo para ganhar uma eleição, não é o melhor caminho na política. "Não fazemos filiação de quem não tem identidade política com nossos valores, sempre digo que não vale tudo para ganhar uma eleição", afirmou Marina.



"Na rede não tratamos ex-filiados como inimigos, tratamos com respeito e se por ventura saírem, não deixarão de ser quem são independente do partido", continuou.

Intervenção militar

Quando perguntada sobre a intervenção militar no Rio de Janeiro, Marina Silva alerta que o caso desrespeita a nossa Constituição os Direitos Humanos e a inviolabilidade das pessoas. "Sou contra, mas sucessivos governos negligenciaram a questão da segurança. Deixaram entregue apenas aos Estados e todos sabiam que não era só pelos Estados. É preciso nacionalizar, se não vamos chegar ao caos, é preciso plano nacional, trabalho integrado de fato", afirmou a ex-senadora.

Marina Silva ainda elogia o trabalho que a Polícia Federal está realizando. "A PF tem feito excelente trabalho e qualquer tipo de manipulação, o MPF para trabalhar, não pode ter autoridades sabotando o trabalho da Justiça", conta.




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Especial Nova Rotação Especial Nova Rotação
As cidades estão entrando em colapso. Refletem o resultado da mobilidade urbana convencional, um mal incorporado à sociedade e de difícil enfrentamento.Mas o momento de inverter essa lógica é agora. Criar uma nova rotação para as cidades, para as pessoas
JC Recall de Marcas 2019 JC Recall de Marcas 2019
Pitú e Vitarella são as marcas mais lembradas pelo consumidor pernambucano, de acordo com a edição 2019 do Prêmio JC Recall de Marcas. O ranking foi feito a partir de levantamento do Harrop Pesquisa para o Jornal do Commercio.
Especial Tempo de Férias Especial Tempo de Férias
O tempo das férias finalmente chegou e com ele os vários planos sobre o que fazer no período livre. O JC traz algumas dicas de como otimizar o período para voltar renovado do merecido descanso.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM