Jornal do Commercio
DENÚNCIA

1ª Turma do STF julga no dia 17 se aceita denúncia contra Aécio

A denúncia é do inquérito que investiga Aécio Neves por corrupção ativa e obstrução de Justiça

Publicado em 10/04/2018, às 14h19

Entre as acusações que pesam sobre Aécio, está a gravação na qual o tucano pede R$ 2 milhões ao empresário Joesley Batista / Foto: ABr
Entre as acusações que pesam sobre Aécio, está a gravação na qual o tucano pede R$ 2 milhões ao empresário Joesley Batista
Foto: ABr
Estadão Conteúdo

A primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) deve julgar na próxima terça-feira (17) se recebe a denúncia oferecida pela Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o senador Aécio Neves (PSDB-MG), informa a assessoria da Corte. O caso é o do inquérito que investiga o senador pelos supostos crimes de corrupção passiva e obstrução de Justiça, instaurado em maio de 2017, com base na delação da JBS.

Entre as acusações que pesam sobre Aécio, está a gravação na qual o tucano pede R$ 2 milhões ao empresário Joesley Batista, um dos donos da J&F, controladora da JBS. Em uma conversa, o tucano aparece pedindo o dinheiro ao empresário sob a justificativa de que precisava pagar despesas com sua defesa na Operação Lava Jato.

Também são acusados de corrupção passiva nesse inquérito a irmã do senador, Andréa Neves, seu primo Frederico Pacheco de Medeiros e Mendherson Souza Lima, ex-assessor parlamentar do senador Zezé Perrella (MDB-MG).

O relator do inquérito é o ministro Marco Aurélio Mello. Ainda compõem a Primeira Turma do STF os ministros Alexandre de Moraes, Luiz Fux, Rosa Weber e Luís Roberto Barroso.

A irmã de Aécio teria feito o primeiro contato com o empresário. O tucano indicou seu primo para receber o dinheiro, que foi entregue pelo diretor de Relações Institucionais da JBS, Ricardo Saud, um dos sete delatores. Ao todo, foram quatro entregas de R$ 500 mil cada uma, segundo o Ministério Público.

A denúncia contra Aécio foi apresentada em 2 de junho de 2017. O senador foi alvo de duas decisões de afastamento das atividades parlamentares, no ano passado. A primeira foi do ministro Edson Fachin, em maio, quando deflagrada a Operação Patmos.



Houve em seguida uma mudança de relatoria, e o novo relator, Marco Aurélio, decidiu revogar a decisão de Fachin. Mas, no segundo semestre, veio o segundo afastamento, por decisão da Primeira Turma do Supremo, por maioria.

Criou-se um impasse diante da indisposição do Senado de cumprir a medida, e o Supremo terminou avalizando que a Casa Legislativa tinha o direito de dispensar a determinação de afastamento de parlamentares - o que salvou o posto do tucano no Congresso.

Só após a resolução deste imbróglio, o ministro relator, Marco Aurélio Mello, notificou as defesas para apresentação de resposta prévia à denúncia.

Por meio de nota, a defesa de Aécio Neves afirmou nesta terça-feira que o senador "vem demonstrando que ele foi vítima de uma situação forjada, arquitetada por criminosos confessos que, sob a orientação do então procurador Marcelo Miller, buscavam firmar um acordo de delação premiada fantástico".

"As provas revelam que o empréstimo pessoal feito ao senador não envolvia dinheiro público ou, como reconheceu a própria PGR, qualquer contrapartida. Assim, inexiste crime ou ilegalidade na conduta do senador Aécio", afirma o advogado Alberto Zacharias Toron.

 


Palavras-chave

Recomendados para você


Comentários

Por Marcos Martins,10/04/2018

QUAL A DIFERENÇA ENTRE OS ELEITORES ALIENADOS DO PT E OS DEMAIS ELEITORES ??? RESPOSTA: os eleitores do pt ADOTAM BANDIDOS DE ESTIMAÇAO E OS DEFENDE DE QUALQUER PUNIÇAO POR PARTE DA JUSTIÇA QUE QUER APLICAR A LEI PARA PUNIR O(S) BANDIDOS-POLITICOS CRIMINOSOS; ENQUANTO OS DEMAIS ELEITORES QUE SAO MAIS ESCLARECIDOS '- NAO -' ADOTAM BANDIDOS DE ESTIMAÇAO E, SE PORVENTURA ELES PARTICIPAREM DE QUADRILHA OU PRATIQUEM A CORRUPÇAO QUER VE-LOS PUNIDOS POR TODOS E QUAISQUER ATOS CRIMINOSOS QUE ELES TENHAM COMETIDOS OU PRATICADOS, INDEPENDENTE DE COR, SEXO, IDADE, RELIGIAO, TIME DE FUTEBOL E ETC. EM 2002 (MEU PRIMEIRO VOTO) VOTEI NO Lula - DEPOIS DO MENSALAO NAO VOTEI MAIS EM NENHUM petista. EM 20014 VOTEI NO AECIO. HOJE, VEJO COM GRANDE SATISFAÇAO O 9 DEDOS PRESO, E RECEBO COM MUITA ALEGRIA A NOTICIA QUE O AECIO SERA JULGADO, E, ESPERO QUE SEJA CONDENADO E TAMBEM PRESO.!!! EIS A DIFERENÇA ENTRE OS CHAMADOS MORTADELAS E COXINHAS. PARA OS MORTADELAS A APLICAÇAO DAS LEIS SO "VALEM" SE FOR PARA PUNIR OS BANDIDOS DE OUTROS PARTIDOS, NAO VALE PARA OS DELES. MICHEL TEMER JA ESTA SENDO INVESTIGADO E SERA PRESO APOS TERMINO DO MANDATO (ESPERO!!!!!!). A PROXIMA DA VEZ SERA A presidentA do pt Gleyse e ai sera OUTRA LADAINHA... CADEIA EM TODOS OS CORRUPTOS DA NAÇAO COM JATINHO E TUDO (PT, MDB, PSB, PP, PR, PTB, PCdoB e AFINS)!!!!!!!!

Por silva,10/04/2018

E Agora Moro? mostra que prende alguém do PSDB? ou vai ficar so na conversa ?



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

BRT: E agora? BRT: E agora?
Ele está ferido, sofrido. Esquecido. E sem perspectivas de melhoria. Tem sobrevivido como é possível e, apenas pontualmente, esboça reações positivas. O sistema BRT, Bus Rapid Transit, tem sofrido de inanição em todo o País. E poderá se perder.
Especial educação Especial educação
E se você descobrisse que o futuro ligado às tendências que irão norteá-lo já chegou? O mundo hoje é um mar de oportunidades, para conhecimento, informação e inovação. Cada vez mais o profissional precisa evoluir. Por isso veja o caminho a seguir
A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza
A capital cearense, diferentemente da pernambucana – embora nordestina também – deu um salto na infraestrutura viária voltada para as bicicletas. A cidade está repleta de ciclofaixas. Por toda parte. E a grande maioria conectada

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM