Jornal do Commercio
Manifestação

Integrantes do MST invadem emissora afiliada da Globo em Salvador

O canal pertence à família do próprio prefeito da cidade, ACM Neto (DEM)

Publicado em 17/04/2018, às 09h33

Segundo informações do portal UOL, o motivo seria a reforma agrária e a
Segundo informações do portal UOL, o motivo seria a reforma agrária e a "arbitrariedade da prisão" relacionada ao ex-presidente Lula
Foto: Divulgação/MST
JC Online
Com informações do UOL

Integrantes do Movimento dos Sem Terra (MST), que são contra a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, invadiram na manhã desta terça-feira (17), a sede da Rede Bahia, emissora filiada da Rede Globo, em Salvador. O canal pertence à família do próprio prefeito da cidade, ACM Neto (DEM).

 

  

Durante o protesto, os manifestantes pró-Lula carregavam bandeiras do movimento, faixas com os dizeres 'Lula Livre' e instrumentos musicais.

Outras manifestações

Ainda na manhã desta terça, outros integrantes do MST, invadiram também uma fazenda de propriedade do empresário Oscar Maroni, localizada em Araçatuba, São Paulo. Segundo informações do portal UOL, o motivo seria a reforma agrária e a "arbitrariedade da prisão" relacionada ao ex-presidente Lula. O empresário é conhecido como o 'magnata do sexo' e dono do Bahamas Club, local em que distribuiu cerveja grátis a clientes para comemorar a prisão do petista.



  

 

Segundo o Movimento dos Sem Terra, Maroni, durante a sua comemoração, "agrediu sexualmente diversas mulheres, expondo o corpo de muitas trabalhadoras do sexo perante centenas de homens em uma festa no dia 6". A festa foi realizada no seu próprio clube, onde o empresário também se vestiu de presidiário ao comandar a festa.


Palavras-chave

Recomendados para você


Comentários

Por Sandra,17/04/2018

Esse povo faz tanto protesto para que Lula continue a viver a sua vida boa na mordomia enquanto eles próprios dormem no chão, comem mortadela com pão, continuando na mesma miséria de sempre. Vá entender!

Por Claudia,17/04/2018

Este pessoal que se diz sem terra, não trabalha? Vivem de que? como sustentam a família? Quem sustenta eles? Será que somos nós trabalhadores, através dos impostos que pagamos?



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza
A capital cearense, diferentemente da pernambucana – embora nordestina também – deu um salto na infraestrutura viária voltada para as bicicletas. A cidade está repleta de ciclofaixas. Por toda parte. E a grande maioria conectada
Cantos e Recantos Cantos e Recantos
A temporada de sol está nos espreitando, e a Praia de Boa Viagem é sempre uma opção de passeio. Mas que tal ousar um pouquinho na quilometragem e desbravar outros destinos? Pernambuco tem muitos lugares fantásticos e você vai adorar o roteiro que o JC fe
As Paixões de José Pimentel, o eterno Jesus As Paixões de José Pimentel, o eterno Jesus
O JC preparou um hotsite especial em homenagem ao ator e diretor Jose Pimentel, o eterno Jesus Cristo do teatro pernambucano

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM