Jornal do Commercio
apartamento

Empresário diz que triplex é 'objeto de desejo para muitas pessoas'

O empresário Fernando Gontijo comprou o triplex do Guarujá, pivô da condenação e prisão de Lula, por R$ 2,2 milhões

Publicado em 16/05/2018, às 17h36

Gontijo arrematou na terça-feira (15) o apartamento do Condomínio Solaris por R$ 2,2 milhões / Foto: Reprodução/Google Street View
Gontijo arrematou na terça-feira (15) o apartamento do Condomínio Solaris por R$ 2,2 milhões
Foto: Reprodução/Google Street View
Estadão Conteúdo

O empresário Fernando Gontijo disse nesta quarta-feira (16) que o triplex do Guarujá, pivô da condenação e prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, é "objeto de desejo para muitas pessoas".

Gontijo arrematou na terça-feira (15) o apartamento do Condomínio Solaris por R$ 2,2 milhões, lance mínimo, ainda em primeira praça.

A força-tarefa da Operação Lava Jato afirma que o ex-presidente recebeu propinas da empreiteira OAS no mesmo montante, na forma de melhorias e ampliação do apartamento em troca de contratos com a Petrobras.

Lula nega ter recebido propinas e afirma que nunca foi dono do triplex que o levou para a cadeia - condenado a 12 anos e um mês de reclusão, o petista cumpre pena na sede da PF em Curitiba desde 7 de abril.

Gontijo, que já tem condenação em ação de improbidade como alvo da Operação Confraria, da Polícia Federal na Paraíba, esclareceu na nota oficial que arrematou o triplex na condição de "investidor do mercado imobiliário, com especial atenção aos leilões judiciais, onde há boas oportunidades de negócios".

"Trata-se de um imóvel icônico, raro, único, conhecido no Brasil e que tem forte apelo para negócios futuros, por ser objeto de desejo para muitas pessoas."



O empresário faz projeção otimista. "Como se trata de imóvel sem impedimentos legais após a expedição da carta de arrematação judicial, tenho a expectativa de que venha a ser tornar um bom investimento imobiliário."

Nota oficial do comprador do triplex

"Como já é público e notório, arrematei, por intermédio da Guarujá Participações, o imóvel localizado no Condomínio Solaris, no Guarujá (SP).

Sou investidor do mercado imobiliário nacional, com especial atenção aos leilões judiciais, onde há boas oportunidades de negócios.

Assim, decidi comprar pelo lance mínimo, ainda na primeira praça, o apartamento. Trata-se de um imóvel icônico, raro, único, conhecido no Brasil e que tem forte apelo para negócios futuros, por ser objeto de desejo para muitas pessoas.

Além disso, como se trata de imóvel sem impedimentos legais após a expedição da carta de arrematação judicial, tenho a expectativa de que venha a ser tornar um bom investimento imobiliário.

Fernando Gontijo"


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Especial educação Especial educação
E se você descobrisse que o futuro ligado às tendências que irão norteá-lo já chegou? O mundo hoje é um mar de oportunidades, para conhecimento, informação e inovação. Cada vez mais o profissional precisa evoluir. Por isso veja o caminho a seguir
A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza
A capital cearense, diferentemente da pernambucana – embora nordestina também – deu um salto na infraestrutura viária voltada para as bicicletas. A cidade está repleta de ciclofaixas. Por toda parte. E a grande maioria conectada
Cantos e Recantos Cantos e Recantos
A temporada de sol está nos espreitando, e a Praia de Boa Viagem é sempre uma opção de passeio. Mas que tal ousar um pouquinho na quilometragem e desbravar outros destinos? Pernambuco tem muitos lugares fantásticos e você vai adorar o roteiro que o JC fe

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM