Jornal do Commercio
FAKE NEWS

Falsa mensagem diz que mulher que provocou Bolsonaro é filha de Lula

A filha de Lula leva a culpa de ter gritado com Bolsonaro em um aeroporto. O vídeo deste momento mostra uma mulher que nem se parece com Lurian

Publicado em 11/07/2018, às 13h51

Apesar da repercussão, a moça do vídeo (foto à esquerda) não é, claramente, a filha de Lula (foto da direita) / Foto: Montagem/JC Imagem
Apesar da repercussão, a moça do vídeo (foto à esquerda) não é, claramente, a filha de Lula (foto da direita)
Foto: Montagem/JC Imagem
Estadão Conteúdo

A mulher que gritou com o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) no aeroporto de Congonhas, em São Paulo, tem sido erroneamente apresentada como filha do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em boato no WhatsApp.

O Estadão Verifica recebeu várias vezes, por meio do número (11) 99263-7900, o vídeo do incidente. Na lateral da filmagem, a mensagem diz: "Filha do Lula bêbada xingando Bolsonaro no embarque do aeroporto. Já começou o desespero dos petistas kkkkkk".

A alegação é falsa. Apesar de não se ter notícia de quem é a mulher que aparece nas imagens, ela não se trata de Lurian Cordeiro Lula da Silva, a única filha do ex-presidente - além de Lurian, ele tem quatro filhos homens.



As diferenças físicas são evidentes: rosto e cabelo, por exemplo, são completamente diferentes. O vídeo original do incidente do aeroporto foi publicado no dia 3 de julho, no canal do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidenciável do PSL, mas sem citar a filha de Lula.

Contexto

Bolsonaro foi abordado por uma mulher, aparentemente embriagada, quando embarcava de São Paulo para Brasília no último dia 3. Além de gritar que deveria ser ouvida por ser "a voz do povo", ela chegou a deitar no chão para impedir a passagem do parlamentar. O pré-candidato à Presidência do PSL teve que se esconder no banheiro para evitar complicações. A mulher chegou a tentar entrar no local, mas foi impedida por homens que protegiam o político e pediam o apoio de seguranças do aeroporto

Os boatos envolvendo Lula voltaram a circular com maior frequência no WhatsApp depois do imbróglio do último domingo, 8, quando o desembargador plantonista Rogério Favreto pediu a soltura do ex-presidente, condenado e preso pela Operação Lava Jato.



Comentários

Por Observador,13/07/2018

Fake New. Essa é a maior fonte de informação dos acefalos bolsonarianos. Não por acaso, replicam o discurso de odio típico dos covardes. Só tenho uma duvida: isso é mal-caratismo ou apenas burrice?



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Vida fit todo dia Vida fit todo dia
Apesar de a abertura do Verão no Brasil só acontecer em dezembro, no Nordeste há uma antecipação da data. Por esse motivo, que tal aproveitar esses meses de energia para cultivar bons hábitos e mudar o estilo de vida? Veja várias dicas de como se cuidar
BRT: E agora? BRT: E agora?
Ele está ferido, sofrido. Esquecido. E sem perspectivas de melhoria. Tem sobrevivido como é possível e, apenas pontualmente, esboça reações positivas. O sistema BRT, Bus Rapid Transit, tem sofrido de inanição em todo o País. E poderá se perder.
Especial educação Especial educação
E se você descobrisse que o futuro ligado às tendências que irão norteá-lo já chegou? O mundo hoje é um mar de oportunidades, para conhecimento, informação e inovação. Cada vez mais o profissional precisa evoluir. Por isso veja o caminho a seguir

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM