Jornal do Commercio
Investigação

Raquel concorda com PF para esticar inquérito dos Portos por 15 dias

Esta é a quarta vez que a PF pede prorrogação do inquérito

Publicado em 17/09/2018, às 21h59

O inquérito dos Portos investiga o presidente Michel Temer / Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil
O inquérito dos Portos investiga o presidente Michel Temer
Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil
Estadão Conteúdo

A Procuradora-Geral da República, Raquel Dodge, enviou manifestação ao Supremo Tribunal Federal (STF) nesta segunda-feira (17) em que concorda com a prorrogação por 15 dias das apurações do inquérito dos Portos, que investiga o presidente Michel Temer. A prorrogação foi solicitada pela Polícia Federal.

Agora cabe ao ministro Luís Roberto Barroso, relator do caso, decidir sobre o prazo. A opinião da PGR foi pedida pelo ministro no último dia 11.

Esta é a quarta vez que a PF pede a prorrogação da apuração. A terceira (e mais recente) prorrogação do prazo foi concedida em agosto por Barroso.

O inquérito apura se empresas que atuam no Porto de Santos, como a Rodrimar e o Grupo Libra, foram beneficiadas por medidas que atingiram o setor portuário.



Investigações

Inicialmente, as investigações miravam, além de Temer, Rodrigo Rocha Loures (MDB-PR), ex-assessor do presidente e ex-deputado federal, Antônio Celso Grecco e Ricardo Conrado Mesquita, respectivamente, dono e diretor da Rodrimar.

Ao longo da apuração, entraram também na mira o amigo do presidente, João Baptista Lima Filho, o coronel Lima, e executivos do Grupo Libra. Todos negam envolvimento em irregularidades.

Quando a PF pediu mais 15 dias para as apurações, a Rodrimar informou que "que a própria PF já concluiu em relatório de março, enviado ao STF, que não foi beneficiada pelo decreto dos portos".





Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Especial Tempo de Férias Especial Tempo de Férias
O tempo das férias finalmente chegou e com ele os vários planos sobre o que fazer no período livre. O JC traz algumas dicas de como otimizar o período para voltar renovado do merecido descanso.
Copa América no Brasil Copa América no Brasil
Confira a relação da Copa América com o Brasil, o histórico e detalhes da edição deste ano, na qual a seleção terá que se virar sem Neymar, cortado do torneio. Catar e Japão participam como convidados
O nome dele era Gabriel Diniz O nome dele era Gabriel Diniz
José Gabriel de Souza Diniz, o Gabriel Diniz, ou simplesmente GD como os fãs o chamavam, morreu precocemente, aos 28 anos, em um acidente com um pequeno avião no litoral sul de Sergipe ocorrido na segunda-feira, 27 de maio de 2019.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM