Jornal do Commercio
CONGRESSO

Doria diz que Temer e Maia querem votar na reforma da Previdência este ano

O governador eleito João Doria fez um apelo a Michel Temer para que pelo menos parte da reforma da Previdência seja votado ainda este ano no Congresso

Publicado em 08/11/2018, às 19h38

Doria se reuniu nesta quinta-feira (8) com o presidente Michel Temer e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia / Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
Doria se reuniu nesta quinta-feira (8) com o presidente Michel Temer e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
Estadão Conteúdo

O governador eleito de São Paulo, João Doria (PSDB), visitou o presidente Michel Temer no escritório particular do emedebista, na capital paulista, e fez um apelo para que pelo menos parte da reforma da Previdência seja votado ainda este ano no Congresso.

Pouco antes, o tucano havia se reunido com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e disse que tanto o parlamentar quanto o atual presidente da República estão dispostos a colocar o tema em votação, mas que isso depende de uma articulação com o presidente eleito, Jair Bolsonaro.

"Se o Congresso Nacional, Câmara e Senado, colocarem em votação ainda que parcialmente a reforma da Previdência, ela traz um indicador muito claro para o Brasil perante os investidores nacionais e internacionais", disse Doria a jornalistas após o encontro com Temer.

Para reforçar o pedido a Temer, Doria relatou que ligou para o futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, e conversou com ele pelo viva-voz do celular na presença do presidente.



Perguntado se o reajuste salarial dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), aprovado pelo Senado nessa quarta-feira (8), seria uma má sinalização nesse período de transição, Doria evitou críticas. "Vamos olhar as coisas boas. O Senado teve sua razões que foram justificadas e amparadas na votação."

No PSDB, Doria se tornou um dos líderes que mais defendem que o partido apoie o próximo governo e esteja alinhado com as pautas de Bolsonaro. Ele defende uma convergência entre Temer e o presidente eleito para aumentar a credibilidade do próximo governo. "Estamos todos na mesma onda, a onda pelo Brasil", declarou.

Convite

Após se reunir com Temer por uma hora e meia, Doria negou que tenha feito um convite para o emedebista compor o governo estadual.

Com três ministros de Temer já anunciados como secretários da próxima gestão no Palácio dos Bandeirantes, Doria disse que vai anunciar mais dois nomes nesta segunda-feira (12).



Comentários

Por eder,09/11/2018

QUANDO VOCÊ APOIAR A REFORMA DA PREVIDÊNCIA, LEMBRE-SE DISSO: Estes são os senhores da MORALIDADE. Exemplo de “HONESTIDADE”. Senhores da VERDADE ABSOLUTA. Mas, que na verdade, apenas apresentam o CARETER DUVIDOSO e comportamento HIPOCRITA. VOCÊ SABIA? VOCÊ SABIA? Que os DEVEDORES da Previdência Social acumulam UMA DÍVIDA de R$ 426,07 bilhões, quase TRÊS VEZES O ATUAL DÉFICIT DO SETOR, que foi cerca de R$ 149,7 bilhões no ano passado. VOCÊ SABIA? Que enquanto o governo anuncia déficit de R$ 170 bilhões nas contas públicas (ano passado), O PAÍS DEIXOU DE ARRECADAR O TRIPLO DESSE VALOR, POR SONEGAÇÃO, CERCA DE R$ 500 bilhões EM IMPOSTOS, NO MESMO PERÍODO. VOCÊ SABIA? Que foi votado e aprovado um REFIS que PERDOU DIVIDAS DE SONEGAÇÃO em torno de R$ 170 bilhões. VALOR MAIOR QUE O “DÉFICIT” DA PREVIDÊNCIA e o déficit nas contas publicas. VOCÊ SABIA? Que falando estatisticamente, ESTIMA-SE QUE A CORRUPÇÃO NA PETROBRAS foi de 79 BILHÕES e que isso é 7 (sete) VEZES MENOR do que SE ROUBA DESTE PAÍS, TODOS OS ANOS, COM A SONEGAÇÃO. VOCÊ SABIA? Que o SALÁRIO MENSAL DOS PARLAMENTARES que irão aprovar a reforma da previdência, é de R$ 33.763,00, MAIS UM AUXÍLIO-MORADIA de R$ 4.253 ou apartamento de graça para morar. VOCÊ SABIA? Que a titulo de: COTA PARA O EXERCÍCIO DA ATIVIDADE PARLAMENTAR (CEAP), estes mesmos parlamentares, ainda utilizam mensalmente de verba extra entre R$ 30.788,66 a R$ 45.612,53, por mês para gastar com alimentação, aluguel de veículo e escritório, divulgação do mandato, entre outras despesas. VOCÊ SABIA? Que os parlamentares tem uma verba de R$ 101,9 mil para contratar até 25 funcionários. VOCÊ SABIA? Que os parlamentares têm atendimento no Departamento Médico da Câmara (Demed) e podem pedir reembolso para despesas médico-hospitalares realizadas fora do Demed. Deputados em exercício do mandato e seus familiares que podem ser incluídos como dependentes no Imposto de Renda TÊM DIREITO DE UTILIZAR DOS MESMOS BENEFÍCIOS. VOCÊ SABIA? Que estes parlamentares PODEM SE APOSENTAR COM APENAS UM MANDATO, ou seja, apenas 4 (quatro) anos de parlamentar. VOCÊ SABIA? Que apesar dele não ter condições de pedir a aposentadoria integral, com apenas um mandato, ele PODERÁ TER PROVENTOS PROPORCIONAIS ao tempo de mandato exercido. Ou seja, poderá se aposentar com salário proporcional de 4/35 que corresponde a R$ 3.858,62 (três mil oitocentos e cinquenta e oito reais e sessenta e dois centavos). VOCÊ SABIA? Que, por mais lhe PAREÇA “POUCO” o valor desta aposentadoria. NINGUEM no regime de aposentadoria do INSS ou SERVIÇO PUBLICO pode se aposentar com APENAS 4 (quatro) ANOS DE CONTRIBUIÇÃO OU SERVIÇO. VOCÊ SABIA? Que o regime de previdência militar das Forças Armadas, paga cerca de 370 mil benefícios Isso é BEM MENOS QUE OS OUTROS SISTEMAS NACIONAIS. O INSS, dos contribuintes da iniciativa privada, paga mais de 28 milhões de benefícios. Para os servidores públicos civis, são cerca de 3 milhões. VOCÊ SABIA? Que apesar da previdência militar das Forças Armadas ser a menor, ELA CORRESPONDE A 16 VEZES MAIS NO ROMBO da Previdência que segurado do INSS. VOCÊ SABIA? Que o chamado déficit per capita anual dos militares ficou em R$ 99,4 mil no ano passado, contra R$ 6,25 mil no INSS. VOCÊ SABIA? Que os integrantes da previdência militar das Forças Armadas NÃO CONTRIBUEM PARA A PREVIDÊNCIA. Toda a contribuição é feita pela União VOCÊ SABIA? Que os descontos feitos nos pagamentos de militares (7,5 %) são para CUSTEAR PENSÕES que são pagas a familiar em caso de morte VOCÊ SABIA? Que as polêmicas pensões pagas a filhas de militares solteiras NÃO FORAM EXTINTAS. Na verdade, elas pararam de ser concedidas em 2000 e atualmente só recebem o benefício quem o adquiriu antes dessa data. VOCÊ SABIA? Que EXISTE ASSISTÊNCIA gratuita aos filhos e dependentes desde o nascimento até 5 (cinco) anos de idade em creches e pré-escolas. VOCÊ SABIA? Que o TESOURO NACIONAL, ASSEGURA GRATUITAMENTE aos militares a assistência médico-hospitalar para si e seus dependentes, abrangendo serviços profissionais médicos, farmacêuticos e odontológicos. VOCÊ SABIA? Que NÃO EXISTE IDADE MÍNIMA DE APOSENTADORIA e vão para a reserva com 30 anos de serviço e não te contribuição VOCÊ SABIA? Que o Brasil não tem nenhum país com RESTRIÇÕES DIPLOMATICAS. Portanto inexistem “INIMIGOS” EXTERNOS. SENDO ASSIM, NÃO HÁ COMO NEGAR QUE TEMOS UMA CLASSE EXCLUSIVA DE “COMEs QUIETOs. E HÁ ANOS. Leia também: https://www.cartacapital.com.br/politica/previdencia-militar-aposentados-quarentoes-filhas-com-pensao. Alguns números apresentados por esta reportagem divergem dos apresentados a cima. MAS A ESSÊNCIA É EXATAMENTE A MESMA.



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Vida fit todo dia Vida fit todo dia
Apesar de a abertura do Verão no Brasil só acontecer em dezembro, no Nordeste há uma antecipação da data. Por esse motivo, que tal aproveitar esses meses de energia para cultivar bons hábitos e mudar o estilo de vida? Veja várias dicas de como se cuidar
BRT: E agora? BRT: E agora?
Ele está ferido, sofrido. Esquecido. E sem perspectivas de melhoria. Tem sobrevivido como é possível e, apenas pontualmente, esboça reações positivas. O sistema BRT, Bus Rapid Transit, tem sofrido de inanição em todo o País. E poderá se perder.
Especial educação Especial educação
E se você descobrisse que o futuro ligado às tendências que irão norteá-lo já chegou? O mundo hoje é um mar de oportunidades, para conhecimento, informação e inovação. Cada vez mais o profissional precisa evoluir. Por isso veja o caminho a seguir

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM