Jornal do Commercio
INDULTO

'Se houver neste ano, será o último', diz Bolsonaro sobre indulto de Natal

O presidente eleito se pronunciou sobre as regras do indulto editado pelo atual presidente Michel Temer (MDB)

Publicado em 28/11/2018, às 11h50

O STF julga a ação da PGR que questiona as regras do indulto editado pelo presidente Temer / Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
O STF julga a ação da PGR que questiona as regras do indulto editado pelo presidente Temer
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
JC Online

O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) se pronunciou no Twitter, nesta quarta-feira (28), sobre a possibilidade de aprovação de um indulto de natal para os presos em todo o país. "Pegar pesado na questão da violência e criminalidade foi um dos nossos principais compromissos de campanha. Garanto a vocês, se houver indulto para criminosos neste ano, certamente será o último", escreveu.

Ainda nesta quarta, o Supremo Tribunal Federal (STF) deve julgar a ação da Procuradoria-Geral da República (PGR) que questiona as regras do indulto editado pelo presidente Michel Temer (MDB) no fim do ano passado, que tornou as regras mais brandas para obter o benefício. 



Mudança

A medida perdoa quem cumpriu um quinto da pena por condenações de crimes sem violência ou grave ameaça, como corrupção e lavagem de dinheiro. A PGR argumenta que o governo abrandou as exigências para favorecer condenados por corrupção.

Através do Twitter, procurador Deltan Dallagnol, que atua na Lava Jato, citou que o decreto pode vir a beneficiar 21 dos 39 presos na Operação Lava Jato, como o ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (MDB-RJ) e o ex-ministro Antonio Palocci (PT-SP).





Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Copa América no Brasil Copa América no Brasil
Confira a relação da Copa América com o Brasil, o histórico e detalhes da edição deste ano, na qual a seleção terá que se virar sem Neymar, cortado do torneio. Catar e Japão participam como convidados
O nome dele era Gabriel Diniz O nome dele era Gabriel Diniz
José Gabriel de Souza Diniz, o Gabriel Diniz, ou simplesmente GD como os fãs o chamavam, morreu precocemente, aos 28 anos, em um acidente com um pequeno avião no litoral sul de Sergipe ocorrido na segunda-feira, 27 de maio de 2019.
Conheça o udigrudi pernambucano Conheça o udigrudi pernambucano
O udigrudi pernambucano reuniu um grupo de talentosos jovens músicos que, na primeira metade dos anos 70, gravou discos absolutamente não comerciais, fez rock and roll na terra do frevo, produziu festivais, insistiram na permanência do sonho.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM