Jornal do Commercio
AFASTAMENTO TEMPORÁRIO

Exonerado, ministro da Casa Civil desarquiva 108 projetos na Câmara

Desarquivados, os projetos apresentados por Lorenzoni podem continuar tramitando na Câmara, no ponto onde pararam na última legislatura

Publicado em 07/02/2019, às 13h07

Um dos projetos mais recentes é o Projeto de Decreto Legislativo (PDC), assinado por Lorenzoni em parceria com Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), sobre o porte de armas durante voos / Foto: ABr
Um dos projetos mais recentes é o Projeto de Decreto Legislativo (PDC), assinado por Lorenzoni em parceria com Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), sobre o porte de armas durante voos
Foto: ABr
Estadão Conteúdo
Camila Turtelli

O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, desarquivou nesta quinta-feira, 7, 108 projetos na Câmara dos Deputados, dos quais ele é autor ou coautor. As matérias foram apresentadas por Lorenzoni durante seus quatro mandatos como deputado federal, desde 2003.

Um dos projetos mais recentes é o Projeto de Decreto Legislativo (PDC), assinado por Lorenzoni em parceria com Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), sobre o porte de armas durante voos. A matéria derruba norma da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) que limita o porte em aeronaves civis para agentes públicos em atividade de segurança e proíbe o porte para agentes públicos aposentados, reformados ou da reserva. Ao menos uma dezena de outros projetos desarquivados nesta quinta-feira trata sobre armas.



Desarquivados, os projetos apresentados por Lorenzoni podem continuar tramitando na Câmara, no ponto onde pararam na última legislatura.

Afastamento temporário

O Diário Oficial da União (DOU) desta quinta-feira traz a exoneração de Lorenzoni do cargo de ministro-chefe da Casa Civil da Presidência da República. De acordo com a Casa Civil, o afastamento do ministro é temporário. "Ele reassumiu como deputado federal para desarquivar os projetos, como é de praxe em cada nova legislatura. Deve retornar ao cargo de ministro amanhã mesmo", explica a pasta.



Comentários

Por Diogo,08/02/2019

Essas manobras deveriam ser proibidas. Ou o cara é do executivo ou é parlamentar. Isso em todos os níveis.



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC 100 anos JC 100 anos
Para marcar os 100 anos de fundação, o JC publica este especial com um panorama do que se passou neste período em que o jornal retratou o mundo, com projeções de especialistas sobre o que vem por aí e com os bastidores da Redação do Jornal do Commercio
Sozinha nasce uma mãe Sozinha nasce uma mãe
Uma palavra se repete na vida dela: sozinha. Porque estava sozinha na gravidez. Sozinha na hora do parto. Sozinha nas primeiras noites de choro. Sozinha nos primeiros passos. Sozinha no registro civil. O JC conta histórias de luta das mães sozinhas
Segunda chance - Caminhos para ressocializar Segunda chance - Caminhos para ressocializar
Eles saem das prisões, mas as prisões não saem deles. Perseguem-nos até o final de suas vidas. Como uma condenação perpétua. Pena. Eles lamentam. Mas precisam seguir. E neste difícil caminho da ressocialização, o trabalho é uma espécie de absolvição.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM