Jornal do Commercio
POLÊMICA

Alexandre Frota adere a hashtag #ForaOlavo

O escritor Olavo de Carvalho é considerado guru intelectual do governo Bolsonaro

Publicado em 25/03/2019, às 21h38

"General Santa Cruz principal homem forte de Bolsonaro diz que Olavo é um desequilibrado, chulo e sem noção. Até que enfim vamos iniciar a operação 'Shark Attack'. #foraolavo", escreveu o deputado federal
Foto: Antonio Cruz/ Agência Brasil
JC Online
Com informações do Buzzfeed e da Folha de S. Paulo

O deputado federal Alexandre Frota (PSL-SP) postou, nesta segunda-feira (25), em seu perfil no Twitter a hashtag #ForaOlavo, fazendo menção ao escritor Olavo de Carvalho, considerado guru intelectual do presidente Jair Bolsonaro. "General Santa Cruz principal homem forte de Bolsonaro diz que Olavo é um desequilibrado, chulo e sem noção. Até que enfim vamos iniciar a operação 'Shark Attack'. #foraolavo", escreveu Frota.

À Folha de S. Paulo, Carlos Alberto dos Santos Santa Cruz, ministro da Secretaria de Governo, disse que "nunca" se interessou "pelas ideias desse Sr. Olavo de Carvalho". O ministro disse ainda que "por suas últimas colocações na mídia, com linguajar chulo, com palavrões, inconsequente, o desequilíbrio fica evidente".

Minutos após a publicação, usuários da rede social responderam o deputado. "A inteligência tem limites já a ignorância, Alexandre Frota. Vida longa ao professor @opropriolavo, que dedica sua vida na luta contra os que insistem fazer nossa nação pequena. Enquanto os senhor Frota em 2012 ainda estava defendendo o 'movimento passe livre'", escreveu.

"Alexandre Frota, como sempre, só quer plateia, não apresentou nada novo, não mostra mais que está trabalhando. Não pagamos seu salário para ficar fofocando", disse outro usuário. "A maior decepção das eleições 2018 tem nome. A esquerda não precisa fazer oposição com ele trabalhando contra", mostra outra resposta ao deputado.



Recentemente, o deputado federal disse que foi considerado persona non grata, ou seja, alguém que não é bem-vindo, no governo de Jair Bolsonaro. Ele defendeu a prisão do ex-assessor de Flávio Bolsonaro, Fabrício Queiroz, citado no relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) por realizar transações financeiras consideradas suspeitas. Na época das transações, Queiroz era assessor do então deputado estadual no Rio de Janeiro.

"Mãos armadas"

No dia 16 de março, Olavo de Carvalho chamou o vice-presidente de "idiota" e "estúpido", e alegou que Mourão "não tem ideia do que é a Vice-Presidência". O escritor também disse que Jair Bolsonaro está "de mãos armadas", além de afirmar que os militares de seu governo têm "mentalidade golpista" e que, se nada mudar, o governo acaba em seis meses.




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Irmã Dulce e as lições que se multiplicam Irmã Dulce e as lições que se multiplicam
A Santa Dulce dos Pobres deixou um legado enorme por todo o país, e não poderia ser diferente em Pernambuco. Veja exemplos de quem segue o "anjo bom da Bahia"
Jackson era grande demais para um pandeiro Jackson era grande demais para um pandeiro
Em pouco tempo, Jackson do Pandeiro deixou claro que não se tratava apenas de uma voz a mais no cenário artístico pernambucano. Confira especial sobre o artista
Especial Novo Clima Especial Novo Clima
O inverno não é mais o mesmo. E nem o verão. Os efeitos da crise climática alteraram a rotina de milhares de cidadãos das grandes cidades. O JC traz reportagens especiais desvendando o "novo clima"

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2020 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM