Jornal do Commercio
Notícia
STF

Lewandowksi proíbe entrada de outros jornalistas em entrevista de Lula

A proibição ocorre após a PF autorizar a entrada de jornalistas que não sejam da Folha de S.Paulo e do jornal El País

Publicado em 25/04/2019, às 17h22

Entrevista do ex-presidente está prevista para acontecer nesta sexta-feira (26) em Curitiba  / Foto: Agência Brasil
Entrevista do ex-presidente está prevista para acontecer nesta sexta-feira (26) em Curitiba
Foto: Agência Brasil
JC Online
Com informações da Folha de S.Paulo

Após a Polícia Federal autorizar, nesta quinta-feira (25), a presença de jornalistas de outros veículos de comunicação em uma entrevista com o ex-presidente Lula, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski decidiu proibir a presença de jornalistas que não sejam da Folha de S.Paulo e do jornal El País. A entrevista está prevista para acontecer nesta sexta-feira (26), às 10h, em Curitiba.

Os dois veículos conseguiram autorização para encontrar com o petista por meio de uma solicitação feita e, anteriormente negada pela Justiça Federal do Paraná, ao Supremo Tribunal Federal (STF).

Ao organizar a entrevista com Lula, o superintendente da PF no Paraná, Luciano Flores Lima, decidiu autorizar a presença de outros jornalistas no encontro porque é necessário respeitar os "direitos constitucionais relativos ao livre exercício da profissão e liberdade de imprensa". Em ofício, Lima argumentou também que precisava dar "publicidade de atos administrativos que não estiverem sob necessidade de sigilo".



No entanto, para o ministro, a iniciativa da Polícia Federal é uma "franca extrapolação dos limites de autorização judicial em questão". "A liberdade de imprensa, apesar de ampla, deve ser conjugado com o direito fundamental de expressão, que tem caráter personalíssimo, cujo exercício se dá apenas nas condições e na extensão desejadas por seu detentor", disse Lewandowski.
Por meio de uma nota, a Superintendência da PF disse que "há que ser cumprida a decisão judicial no sentido de permitir somente os jornalistas autores da ação judicial''.

Resposta

A decisão do superintendente gerou reclamação por parte da assessoria de imprensa do ex-presidente. Segundo a assessoria, a medida significaria a "constituição de uma plateia para jornalistas convidados'' e iria desrespeitar a Folha de S.Paulo e o El País, que ficaram sete meses sem conseguir uma entrevista com o petista por conta de uma liminar pelo ministro do STF Luiz Fux.

Em setembro de 2018, Fux suspendeu uma decisão do próprio Lewandowksi, que autorizava entrevista à Folha.



OFERTAS

Especiais JC

Conheça o udigrudi pernambucano Conheça o udigrudi pernambucano
O udigrudi pernambucano reuniu um grupo de talentosos jovens músicos que, na primeira metade dos anos 70, gravou discos absolutamente não comerciais, fez rock and roll na terra do frevo, produziu festivais, insistiram na permanência do sonho.
Mãe Guerreira Mãe Guerreira
Junto com uma criança, nasce sempre uma mãe, que enfrenta inúmeros desafios para educar, acolher e dar o melhor aos filhos. Por isso, todas elas carregam em si a força e a coragem de verdadeiras guerreiras.
JC 100 anos JC 100 anos
Para marcar os 100 anos de fundação, o JC publica este especial com um panorama do que se passou neste período em que o jornal retratou o mundo, com projeções de especialistas sobre o que vem por aí e com os bastidores da Redação do Jornal do Commercio

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM