Jornal do Commercio
Notícia
IMPASSE

Governo Bolsonaro rebate aliados e nega recuo de cortes na educação

Segundo o UOL, líderes partidários disseram que o presidente pediu para cancelar os cortes orçamentários na área. O Ministério da Educação e a Casa Civil negaram a informação

Publicado em 14/05/2019, às 21h32

Na véspera da greve nacional em defesa da educação, prevista para esta quarta-feira (15), o governo federal vive um impasse / Foto: Carolina Antunes/PR
Na véspera da greve nacional em defesa da educação, prevista para esta quarta-feira (15), o governo federal vive um impasse
Foto: Carolina Antunes/PR
JC Online e Estadão Conteúdo
Com informações do UOL

Na véspera da greve nacional em defesa da educação, prevista para esta quarta-feira (15), o governo federal vive um impasse. De acordo com o portal UOL, líderes partidários reunidos com Bolsonaro nesta terça-feira (14) disseram que o presidente pediu para rever o congelamento de parte de recursos de universidades. Minutos depois, porém, o Ministério da Educação (MEC) e a Casa Civil vieram a público para negar a informação.

"O presidente Jair Bolsonaro ligou para o ministro Abraham Weintraub na nossa frente e pediu para rever [os cortes]. O ministro tentou contra-argumentar, mas não tem conversa", disse o líder do PSL na Câmara dos Deputados, Delegado Waldir (PSL-GO), ao UOL.

Segundo o portal, o MEC e a Casa Civil do governo negaram a informação, que foi confirmada por quatro líderes partidários.

"O Ministério da Educação esclarece que a informação [de que os cortes foram suspensos] não procede", informou a pasta em nota.

"Não procede a informação de que haverá cancelamento do contingenciamento no MEC. O governo está controlando as contas públicas de maneira responsável", disse a Casa Civil por mensagem após publicação de primeira versão da reportagem do UOL.

Protestos contra o contingenciamento

Ocorre, nesta quarta-feira (15), a greve nacional da educação, que foi convocada pelas entidades da educação e centrais sindicais em resposta aos cortes de verbas anunciados pelo Ministério da Educação.



Em Pernambuco, professores das universidades públicas do Estado já anunciaram que vão aderir à mobilização. Na última quinta-feira (9), as Associações de Docentes da Universidade Federal de Pernambuco (Adufepe) e da Universidade Federal Rural de Pernambuco (Aduferpe) e o Sindicato dos Servidores dos Institutos Federais de Pernambuco (Sindssif-PE) decidiram participar dos atos programados para esta quarta-feira (15).

Câmara convoca ministro da Educação

Em uma articulação rápida, deputados da oposição e do Centrão impuseram mais uma derrota ao governo de Jair Bolsonaro ao conseguirem aprovar a convocação do ministro da Educação, Abraham Weintraub, ao plenário da Casa já nesta quarta-feira (15) para explicar os cortes nos orçamentos das universidades federais.

De autoria do deputado Orlando Silva (PCdoB-SP), a convocação foi aprovada por 307 votos a favor e 82 votos contra. A aprovação foi comemorada pela maioria dos partidos, com exceção do PSL. O pedido foi incluído na pauta da Casa durante a reunião de líderes no meio da tarde. Assim que o encontro acabou os deputados seguiram para o plenário e colocaram a medida em votação.

Weintraub será sabatinado nesta quarta-feira (15), o horário ainda não está definido. Ele é praticamente obrigado a comparecer, diante de uma medida como esta. Com a convocação, as comissões da Câmara devem suspender suas atividades amanhã, para que os parlamentares possam participar, inclusive o colegiado que analisa a reforma da Previdência.




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Especial Nova Rotação Especial Nova Rotação
As cidades estão entrando em colapso. Refletem o resultado da mobilidade urbana convencional, um mal incorporado à sociedade e de difícil enfrentamento.Mas o momento de inverter essa lógica é agora. Criar uma nova rotação para as cidades, para as pessoas
JC Recall de Marcas 2019 JC Recall de Marcas 2019
Pitú e Vitarella são as marcas mais lembradas pelo consumidor pernambucano, de acordo com a edição 2019 do Prêmio JC Recall de Marcas. O ranking foi feito a partir de levantamento do Harrop Pesquisa para o Jornal do Commercio.
Especial Tempo de Férias Especial Tempo de Férias
O tempo das férias finalmente chegou e com ele os vários planos sobre o que fazer no período livre. O JC traz algumas dicas de como otimizar o período para voltar renovado do merecido descanso.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM