Jornal do Commercio
Encontro

Após reunião, pernambucanos dizem que 'esperavam mais' de Bolsonaro

A reunião foi organizada pelo presidente Jair Bolsonaro para tratar de pautas sobre a região

Publicado em 22/05/2019, às 10h30

O encontro foi realizado no Palácio do Planalto, em Brasília / Foto: Divulgação/Palácio do Planalto
O encontro foi realizado no Palácio do Planalto, em Brasília
Foto: Divulgação/Palácio do Planalto
Da Editoria de Política

No encontro organizado pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL), em Brasília, que teve como objetivo trazer temas como a reforma da Previdência, Educação e os pleitos do Nordeste, o sentimento de alguns parlamentares pernambucanos que estiveram presentes foi o mesmo: frustração. 

Após o término da reunião, o deputado Raul Henry (MDB) afirmou em entrevista à Rádio Jornal, que não houve anúncios específicos voltados para a região. "Bolsonaro tomou a dizer que tem boa vontade com o Nordeste, que a situação do Brasil é muito grave, que todos estão no mesmo barco, mas sem anúncio específico para o Nordeste", disse o emedebista. Segundo Raul, o encontro desta quarta reduziu suas expectativas para o vinda do capitão reformado para o Estado. "Pelo tom que vi aqui hoje, não tenho muita expectativa para essa reunião com os governadores", cravou. 

Outro parlamentar que não se sentiu representado na reunião, foi o deputado Felipe Carreras (PSB). Segundo ele, nada concreto foi anunciado. "Foi frustrante para a bancada, não foi anunciado nada de concreto. Começou com discurso genérico. A sinalização de abrir canal de diálogo foi importante com os parlamentares nordestinos", afirmou. 

Carreras foi na contramão do partido, sendo o único do PSB a comparecer ao encontro. "Apesar de fazer parte de partido de oposição, acho importante ter canal com o presidente eleito. Promove uma reunião com a bancada e não anuncia nada de concreto. Foi o sentimento dos colegas, a gente fica frustrado. Metade não veio", completou.

O mesmo contou o deputado Bispo Ossesio (PRB). "Foi uma fala institucional, mas nenhum dos assuntos foi aprofundados, nada assim tão importante, esperávamos bem mais", concordou Bispo Ossesio.

De acordo com os pernambucanos, entre as pautas levantadas, esteve a retomada da Transnordestina. "Falou-se do adjunto da pasta de transporte e possivelmente a Transnordestina será retomada no segundo semestre com o atual parceiro privado, que é a Companhia Siderúrgica Nacional", contou Raul Henry. Ainda foi debatido o Pacto Federativo e Transposição e a importância da aprovação da reforma da Previdência. 



 

 

Entre os deputados federais, também participam André Ferreira (PSC), Daniel Coelho (CID), Fernando Filho (DEM) e Silvio Costa Filho (PRB). Ainda estiveram presentes os senadores Jarbas Vasconcelos (MDB) e o líder do governo no Senado Federal, Fernando Bezerra Coelho (MDB). 

Confira a entrevista na íntegra de Raul Henry:

Bolsonaro em Pernambuco 

O presidente Jair Bolsonaro decidiu fazer uma ofensiva em território quase todo comandado por governadores da oposição. Na semana seguinte aos maiores protestos de rua contra seu governo, Bolsonaro fará a primeira viagem oficial ao Nordeste, para entregar casas populares e anunciar mais verbas para obras de infraestrutura. É nessa região que o presidente registra as piores avaliações - para 40% dos nordestinos, o governo é ruim ou péssimo, conforme o Ibope.

O roteiro tomará toda a sexta-feira (24). Em Petrolina (PE), Bolsonaro vai entregar um conjunto habitacional do programa Minha Casa Minha Vida. Em Recife (PE), deverá anunciar um acréscimo de R$ 2,1 bilhões ao Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste, a ser usado em obras de infraestrutura. Ao todo, o fundo passará a ter R$ 25,8 bilhões em 2019.

Oficialmente, a viagem marcará o lançamento do Plano Regional de Desenvolvimento do Nordeste (PRDNE), elaborado pela primeira vez, no âmbito da Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene). O presidente vai se reunir, no Instituto Ricardo Brennand, complexo cultural da capital pernambucana, com 11 governadores.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Copa América no Brasil Copa América no Brasil
Confira a relação da Copa América com o Brasil, o histórico e detalhes da edição deste ano, na qual a seleção terá que se virar sem Neymar, cortado do torneio. Catar e Japão participam como convidados
O nome dele era Gabriel Diniz O nome dele era Gabriel Diniz
José Gabriel de Souza Diniz, o Gabriel Diniz, ou simplesmente GD como os fãs o chamavam, morreu precocemente, aos 28 anos, em um acidente com um pequeno avião no litoral sul de Sergipe ocorrido na segunda-feira, 27 de maio de 2019.
Conheça o udigrudi pernambucano Conheça o udigrudi pernambucano
O udigrudi pernambucano reuniu um grupo de talentosos jovens músicos que, na primeira metade dos anos 70, gravou discos absolutamente não comerciais, fez rock and roll na terra do frevo, produziu festivais, insistiram na permanência do sonho.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM