Jornal do Commercio
Notícia
MENSAGENS

Em novo trecho de conversa divulgado, Moro diz a Deltan que confia em Fux

A declaração foi feita ao procurador da Lava Jato Deltan Dallagnol em abril de 2016

Publicado em 12/06/2019, às 20h50

Fux (à esq) teria dito a Dallagnol que os procuradores poderiam contar com ele para o que precisassem  / Fotos: Agência Brasil
Fux (à esq) teria dito a Dallagnol que os procuradores poderiam contar com ele para o que precisassem
Fotos: Agência Brasil
JC Online
Com informações da BandNews

Mais um trecho da conversa do então juiz federal e hoje ministro da Justiça Sergio Moro e do procurador da Lava Jato Deltan Dallagnol foi divulgado pelo jornal The Intercept Brasil. Na troca de mensagens, Dallagnol teria encaminhado ao ex-juiz federal, em 22 de abril de 2016, mensagens que enviou a um grupo de procuradores da operação.

Aos procuradores, Deltan detalha a conversa que teve com o ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF). Fux teria dado apoio a Lava Jato após ''uma queda de braço'' entre o ex-juiz federal e o então ministro da Corte, Teori Zavascki. O jornalista da BandNews Reinaldo Azevedo explicou que a ''queda de braço'' foi em relação a divulgação de conversas entre Luiz Inácio Lula da Silva e a então presidente Dilma Rousseff (PT).



"Reservado, é claro: O ministro Fux disse que quase espontaneamente que Teori fez queda de braço com Moro e viu que se queimou, e que o tom da resposta de Moro depois foi ótimo. Disse para contarmos com ele para o que precisarmos, mais uma vez. Só faltou, como bom carioca, chamar-me pra ir à casa dele rs. Mas os sinais foram ótimos. Falei da importância de nos protegermos como instituições", mostra um trecho. "Em especial no novo governo", conclui Deltan. 

De acordo com o jornalista, ao falar do ''novo governo'' o procurador estaria se referindo a Michel Temer (MDB). No entanto, o impeachment de Dilma Rousseff só aconteceria em agosto de 2016.

Comemoração

Em resposta a Deltan, Sergio Moro diz que "in Fux we trust [nós confiamos no Fux]".





Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Copa América no Brasil Copa América no Brasil
Confira a relação da Copa América com o Brasil, o histórico e detalhes da edição deste ano, na qual a seleção terá que se virar sem Neymar, cortado do torneio. Catar e Japão participam como convidados
O nome dele era Gabriel Diniz O nome dele era Gabriel Diniz
José Gabriel de Souza Diniz, o Gabriel Diniz, ou simplesmente GD como os fãs o chamavam, morreu precocemente, aos 28 anos, em um acidente com um pequeno avião no litoral sul de Sergipe ocorrido na segunda-feira, 27 de maio de 2019.
Conheça o udigrudi pernambucano Conheça o udigrudi pernambucano
O udigrudi pernambucano reuniu um grupo de talentosos jovens músicos que, na primeira metade dos anos 70, gravou discos absolutamente não comerciais, fez rock and roll na terra do frevo, produziu festivais, insistiram na permanência do sonho.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM