Jornal do Commercio
Notícia
REFORMA

Câmara ainda não tem quórum 'seguro' para votar destaques da Previdência

Desde o começo da semana, o presidente da Casa definiu o quórum de 490 deputados como um número mágico para iniciar votações nas quais o governo precisará de 308 votos para evitar que um destaque desfigure o texto principal

Publicado em 11/07/2019, às 16h52

Na quarta, o texto-base da reforma foi aprovado por 379 votos a 131 / Foto: Najara Araújo/Câmara dos Deputados
Na quarta, o texto-base da reforma foi aprovado por 379 votos a 131
Foto: Najara Araújo/Câmara dos Deputados
Estadão Conteúdo

Apesar das repetidas falas do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e de lideranças da base sobre a disposição em se votar ainda nesta quinta-feira (11) todos os 17 destaques que restam à reforma da Previdência, o plenário da Casa ainda não alcançou o quórum considerado seguro pelo governo para manter a salvo o texto aprovado nessa quarta-feira (10) em primeiro turno.

Desde o começo da semana, Maia definiu o quórum de 490 deputados como um número mágico para iniciar votações nas quais o governo precisará de 308 votos para evitar que um destaque desfigure o texto principal. Às 15h30, no entanto, havia apenas 440 parlamentares na Casa, e 403 deles tinham marcado presença no plenário.



Mais cedo, ao chegar à Câmara, Maia disse estar seguro de que teria mais de 500 deputados na sessão desta quinta, que ainda não tem hora para ser reaberta. Na quarta, o texto-base da reforma foi aprovado por 379 votos a 131.

Destaques

O governo e líderes da base ainda trabalham para a retirada de parte dos 17 destaques que ainda restam a ser votados. Quanto mais itens houver nessa lista, mais longo será o processo de votação, o que pode inclusive prejudicar os planos do presidente da Câmara em votar o texto-base em segundo turno nesta sexta-feira (12). O receio é de que muitos parlamentares governistas retornem às suas bases na sexta, esvaziando ainda mais o quórum no plenário.





Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Especial Tempo de Férias Especial Tempo de Férias
O tempo das férias finalmente chegou e com ele os vários planos sobre o que fazer no período livre. O JC traz algumas dicas de como otimizar o período para voltar renovado do merecido descanso.
Copa América no Brasil Copa América no Brasil
Confira a relação da Copa América com o Brasil, o histórico e detalhes da edição deste ano, na qual a seleção terá que se virar sem Neymar, cortado do torneio. Catar e Japão participam como convidados
O nome dele era Gabriel Diniz O nome dele era Gabriel Diniz
José Gabriel de Souza Diniz, o Gabriel Diniz, ou simplesmente GD como os fãs o chamavam, morreu precocemente, aos 28 anos, em um acidente com um pequeno avião no litoral sul de Sergipe ocorrido na segunda-feira, 27 de maio de 2019.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM