Jornal do Commercio
Notícia
ENVOLVIMENTO

Ministro do Turismo é indiciado pela PF por esquema de laranjas no PSL

Investigação concluiu que Marcelo Álvaro Antônio comandou esquema de desvio de recursos através de candidaturas femininas de fachada

Publicado em 04/10/2019, às 10h54

O relatório policial foi enviado nesta sexta-feira, 4, ao Ministério Público de Minas Gerais / Foto: Valter Campanato/Agência Brasil
O relatório policial foi enviado nesta sexta-feira, 4, ao Ministério Público de Minas Gerais
Foto: Valter Campanato/Agência Brasil
JC Online
Com informações da Folha de S. Paulo

O ministro do Turismo Marcelo Álvaro Antônio foi indiciado pela Polícia Federal sob suspeita de envolvimento no esquema de laranjas do PSL. A investigação policial concluiu que o chefe da pasta comandou o esquema de desvio de recursos através de candidaturas femininas de fachada nas últimas eleições.

Álvaro foi indiciado nesta semana, ainda, suspeito de cometer os crimes de falsidade ideológica eleitoral, apropriação indébita de recurso eleitoral e associação criminosa, com pena de cinco, seis e três anos de reclusão, respectivamente.

O relatório policial foi enviado nesta sexta-feira, 4, ao Ministério Público de Minas Gerais. O indiciamento serve como base para que o órgão decida se oferece ou não denúncia à Justiça contra o ministro.



Caso a promotoria tome decisão similar à da Polícia Federal, a Justiça decidirá se aceita ou não tal denúncia. Caso aceite, Álvaro se torna réu e passa a responder pelo processo.

Governo

No dia 13 de março, em reunião com jornalistas, o presidente Jair Bolsonaro defendeu pressa na investigação da PF e afirmou que tomaria decisão acerca da permanência do ministro no governo se a polícia concluísse o seu envolvimento no caso dos laranjas. "Podem ter certeza que uma decisão será tomada, lamento", afirmou na ocasião.




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Irmã Dulce e as lições que se multiplicam Irmã Dulce e as lições que se multiplicam
A Santa Dulce dos Pobres deixou um legado enorme por todo o país, e não poderia ser diferente em Pernambuco. Veja exemplos de quem segue o "anjo bom da Bahia"
Jackson era grande demais para um pandeiro Jackson era grande demais para um pandeiro
Em pouco tempo, Jackson do Pandeiro deixou claro que não se tratava apenas de uma voz a mais no cenário artístico pernambucano. Confira especial sobre o artista
Especial Novo Clima Especial Novo Clima
O inverno não é mais o mesmo. E nem o verão. Os efeitos da crise climática alteraram a rotina de milhares de cidadãos das grandes cidades. O JC traz reportagens especiais desvendando o "novo clima"

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2020 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM