Jornal do Commercio
Notícia
SILÊNCIO

Bolsonaro cancela coletiva e mantém silêncio após saída de Lula da prisão

Até o momento, não há manifestação do presidente Jair Bolsonaro nas redes sociais sobre a soltura de Lula

Publicado em 08/11/2019, às 20h11

Pela manhã, Bolsonaro participou de um evento da Policial Federal,, onde, também, não mencionou o tema / Foto: JUAN MABROMATA / AFP
Pela manhã, Bolsonaro participou de um evento da Policial Federal,, onde, também, não mencionou o tema
Foto: JUAN MABROMATA / AFP
JC Online
Com informações do Correio Braziliense e O Globo

O presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), decidiu manter o silêncio desde a última quinta-feira (07) quando o STF, por 6 votos a 5, vetou a prisão após condenação em segunda instância. O silêncio se estendeu até esta sexta-feira (08), dia em que o ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), foi liberado da prisão em Curitiba. Nas redes sociais, onde Bolsonaro é bastante ativo, não se vê nenhuma publicação falando sobre algum dos assuntos, pelo menos.

Ainda, nesta sexta-feira (08), Bolsonaro cancelou uma entrevista coletiva que daria depois da entrega de um ônibus coletivo na cidade de Goiânia, em Goiás. Os repórteres que foram levados à sala do estádio Serra Dourada tiveram a ingrata surpresa de que o presidente não falaria mais. Todos foram dispensados.

 

No evento em Goiânia, Quando soube que o alvará de soltura havia sido expedido, Bolsonaro para ler algo e comentou com o seu assessor, Célio Faria. Depois, ele falou ao ouvido do ministro da Educação, Abraham Weintraub, abaixou a cabeça e olhou para a frente. Em seguida, Célio voltou a falar com Bolsonaro, que acenou negativamente com a mão. Depois, o presidente discursou por oito minutos, mas não fez referência ao assunto.

Na manhã desta sexta (08), quando saia do Palácio da Alvorada, Bolsonaro, ao ser abordado por jornalistas, perguntou o que eles queriam falar e, ao ser questionado sobre a decisão do STF sobre a prisão em segunda instância, ele entrou no carro e seguiu para uma formatura de novos agentes da Polícia Federal, onde, também, não mencionou o tema.

Bolsonaro corrige a Globonews

Se não falou de Lula, o presidente Bolsonaro usou as redes sociais para corrigir a jornalista Natuza Nery, da Globonews, que o chamou de ‘ex-presidente’ ao vivo. “Muitos caem no jogo de ‘equívocos rotineiros’ inocentemente! Estamos mudando o Brasil”, tuitou o presidente.

Confira o Twitter

Os filhos de Bolsonaro se pronunciaram sobre a soltura de Lula

O deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-RJ) comentou sobre o veto da prisão em segunda instância no Twitter. Ele citou o caso da vereadora Marielle Franco, dizendo que há uma certa intensidade da justiça apenas quando o assunto é pedir prisão para os culpados do assassinato.



Confira o Twitter

Sobre a soltura de Lula, às 17h42 desta sexta-feira (08), Eduardo Bolsonaro diz que o ex-presidente está ''acabado politicamente'' e chama-o de cachaceiro.

Confira o Twitter

O vereador Carlos Bolsonaro (PSL-RJ), também filho do presidente, publicou um vídeo na quinta-feira (07), dia em que foi vetada a prisão em segunda instância pelo STF, publicou um vídeo de Lula. “O corrupto condenado admite que errou ao não regular a mídia”, diz o vereador do Rio de Janeiro.

Confira o Twitter

Sobre a soltura de Lula, Carlos Bolsonaro crê que ‘esse jogo virará’, como publicou nesta sexta-feira. “O Brasil não aceitará mais o show dos bandidos do PT, PCdoB, ‘Piçóu’ [PSOL] e etc”, afirmou Carlos.

Confira o Twitter

Flávio Bolsonaro não se pronunciou sobre os assuntos

Até esta sexta-feira (08), o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) não se pronunciou sobre o assunto do veto da prisão em segunda instância e da soltura do ex-presidente Lula. Sua última publicação foi na última quarta-feira (06).


Galeria de imagens

Legenda
Anteriores
Próximas




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Irmã Dulce e as lições que se multiplicam Irmã Dulce e as lições que se multiplicam
A Santa Dulce dos Pobres deixou um legado enorme por todo o país, e não poderia ser diferente em Pernambuco. Veja exemplos de quem segue o "anjo bom da Bahia"
Jackson era grande demais para um pandeiro Jackson era grande demais para um pandeiro
Em pouco tempo, Jackson do Pandeiro deixou claro que não se tratava apenas de uma voz a mais no cenário artístico pernambucano. Confira especial sobre o artista
Especial Novo Clima Especial Novo Clima
O inverno não é mais o mesmo. E nem o verão. Os efeitos da crise climática alteraram a rotina de milhares de cidadãos das grandes cidades. O JC traz reportagens especiais desvendando o "novo clima"

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2020 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM