Jornal do Commercio
Notícia
Mapa da Mina

PF mira repasses do grupo Oi para empresa de filho de Lula em nova fase da Lava Jato

A ação foi batizada de 'Mapa da Mina' e é um desdobramento da 24ª fase da Lava Jato, que levou coercitivamente o ex-presidente para depor

Publicado em 10/12/2019, às 08h47

Segundo as investigações da PF, os crimes envolvem contratos de operadoras de telefonia, internet e TV por assinaturas atuantes no Brasil e no exterior / Foto: Marcelo Camargo / Arquivo Agência Brasil
Segundo as investigações da PF, os crimes envolvem contratos de operadoras de telefonia, internet e TV por assinaturas atuantes no Brasil e no exterior
Foto: Marcelo Camargo / Arquivo Agência Brasil
JC Online com agências

A Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã desta terça-feira (10), uma nova fase da Operação Lava Jato autorizada pela 13ª Vara Federal de Curitiba. Na ação, que apura crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e tráfico de influência, os policiais cumprem 47 mandados de busca e apreensão na operação, que mira repasses do grupo Oi/Telemar para o grupo Gamecorp/Gol, controladas por Fábio Luis Lula da Silva, um dos filhos do ex-presidente Lula (PT).

A operação foi batizada de 'Mapa da Mina' e é um desdobramento da 24ª fase da Lava Jato, a Aletheia, que, em março de 2016, levou coercitivamente Lula para depor. Na ocasião, a defesa negou envolvimento em irregularidades, e o ex-presidente disse ter se sentido um "prisioneiro".



Contratos

Segundo as investigações da PF, os crimes envolvem contratos de operadoras de telefonia, internet e TV por assinaturas atuantes no Brasil e no exterior. Segundo a corporação, os repasses para uma das empresas teriam chegado a R$ 193 milhões entre 2005 e 2016.

As ordens de busca e apreensão estão sendo cumpridas em São Paulo, no Rio de Janeiro, na Bahia e no Distrito Federal.




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Irmã Dulce e as lições que se multiplicam Irmã Dulce e as lições que se multiplicam
A Santa Dulce dos Pobres deixou um legado enorme por todo o país, e não poderia ser diferente em Pernambuco. Veja exemplos de quem segue o "anjo bom da Bahia"
Jackson era grande demais para um pandeiro Jackson era grande demais para um pandeiro
Em pouco tempo, Jackson do Pandeiro deixou claro que não se tratava apenas de uma voz a mais no cenário artístico pernambucano. Confira especial sobre o artista
Especial Novo Clima Especial Novo Clima
O inverno não é mais o mesmo. E nem o verão. Os efeitos da crise climática alteraram a rotina de milhares de cidadãos das grandes cidades. O JC traz reportagens especiais desvendando o "novo clima"

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2020 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM