Jornal do Commercio
Novos vereadores

Michelle Collins, a paladina do combate às drogas

É com essa disposição que a missionária e vereadora eleita, esposa do deputado-pastor Cleiton Collins, vai reforçar a bancada evangélica da Câmara do Recife

Publicado em 11/10/2012, às 07h30

Carolina Albuquerque

Seguindo um fenômeno que vem se espalhando por todo o Brasil, a bancada evangélica da Câmara de Vereadores do Recife chegará com mais força em 2013. A estreante missionária Michelle Collins (PP) foi uma das mais votadas (10.589 votos) para ocupar um posto no Legislativo municipal. Para se ter uma ideia do crescimento político da comunidade evangélica, na cidade de São Paulo o número de representantes aumentou de oito para onze.

O Recife não ficou atrás. Dobrou o número de representantes, fechando em seis vereadores que levantam bandeiras da pauta evangélica. Casada há 19 anos com o pastor e deputado estadual Cleiton Collins (PSC), Michelle foi “apadrinhada” pelo seu marido ao longo da campanha.

Na câmara, ela pretende ser uma paladina do combate às drogas. Causa à qual vem se dedicando há 15 anos. “Sempre fui muito atuante ao lado do meu esposo. Sempre envolvida com as questões sociais, desde o tempo em que era só missionária. Sou conselheira estadual da política sobre drogas e colaborei com o plano estadual e federal de combate às drogas. Agora é a hora de colocar em prática essas políticas públicas”, afirma.



Ela é fundadora da Organização Não-Governamental (ONG) Saravida, criada em 2003 e que oferece atendimento terapêutico aos usuários e dependentes, e do movimento Mães contra o crack. Michelle é natural de Belo Horizonte (MG) e se casou aos 17 anos. Foi dentro de casa, a partir do envolvimento do seu marido com as drogas, que ela desembarcou nessa luta.

A vereadora eleita diz que recebeu vários convites para sair candidata, inclusive do partido do seu marido, o PSC, mas decidiu se filiar ao PP com o apoio do presidente estadual da legenda, deputado federal Eduardo da Fonte (PP). “Eu achei que era a hora e o partido me apoiou bastante. Recebi também o apoio de muitas igrejas, mas não de uma específica. Até porque elas têm vários candidatos evangélicos. Também das próprias famílias das pessoas que se recuperaram”, relata. A missionária da Igreja Assembleia de Deus - Ministério Madureira foi o nome forte da chapa proporcional do PP na eleição.

Leia mais na edição desta quinta-feira do Jornal do Commercio


Palavras-chave




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Papai Noel o ano inteiro Papai Noel o ano inteiro
As luzes na cidade anunciam que o Natal já chegou. É nesta época do ano que o espírito natalino faz aflorar alguns dos sentimentos mais nobres. Agora iremos contar histórias de pessoas, organizações e empresas que fizeram da solidariedade missão de vida
Vida fit todo dia Vida fit todo dia
Apesar de a abertura do Verão no Brasil só acontecer em dezembro, no Nordeste há uma antecipação da data. Por esse motivo, que tal aproveitar esses meses de energia para cultivar bons hábitos e mudar o estilo de vida? Veja várias dicas de como se cuidar
BRT: E agora? BRT: E agora?
Ele está ferido, sofrido. Esquecido. E sem perspectivas de melhoria. Tem sobrevivido como é possível e, apenas pontualmente, esboça reações positivas. O sistema BRT, Bus Rapid Transit, tem sofrido de inanição em todo o País. E poderá se perder.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM