Jornal do Commercio
grande recife

Servidores municipais de Jaboatão decretam estado de greve

Entre 22 pontos de reivindicação, principal solicitação da categoria é o reajuste salarial, abrangendo gratificações. Prefeitura diz que chegou ao limite no percentual de aumento

Publicado em 23/04/2015, às 17h52

Se o estado de greve prejudicar serviços essenciais à população, a prefeitura entrará na justiça, com um pedido de ilegalidade do movimento / Foto: Divulgação
Se o estado de greve prejudicar serviços essenciais à população, a prefeitura entrará na justiça, com um pedido de ilegalidade do movimento
Foto: Divulgação
Do JC Online

Os servidores municipais de Jaboatão dos Guararapes deflagraram estado de greve após realizar assembleia nesta quinta-feira (23). A categoria afirma que tomou esta medida depois de a prefeitura ter fechado a mesa de negociação, "inviabilizando qualquer tipo de diálogo". O secretário de Administração e Assuntos Jurídicos de Jaboatão, Júlio Casimiro, negou que a negociação tivesse findado, alegando que a prefeitura atendeu à maioria dos pleitos dos servidores. Segundo Casimiro, se o estado de greve prejudicar serviços essenciais à população, a secretaria entrará na justiça, com um pedido de ilegalidade do movimento.

O ponto de conflito entre prefeitura e o Sindicato dos Servidores Municipais de Jaboatão (SINSMUJG) é a questão salarial. A categoria pede 18% de reajuste para todos os servidores efetivos, contratados, agentes comunitários de saúde, agentes de combate às endemias, agentes de transito, URJ, aposentados e pensionistas. "O reajuste proposto pelo governo é de 6,5% em cima do salário-base, ou seja, não contempla as gratificações. O valor está abaixo do índice de inflação e do IPCA de abril, de 8,3%", considera o sindicato.



A prefeitura, por sua vez, alega que só pode dar 6,5% de aumento, chegando ao limite da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). "Em nenhum momento a mesa de negociação foi fechada. O que passamos para a categoria é que estamos sempre dispostos a conversar. No entanto, o percentual de reajuste é o nosso limite", declarou o secretário Julio Casimiro.

O secretário afirma que o município passa por dificuldades seríssimas e está apertando onde for possível para conceder o reajuste. "Outros municípios nem se prestam a negociar. A categoria nos mandou a pauta e estamos analisando os pontos. Estamos comprando equipamentos, EPIs, porque a situação estava realmente deficitária. Dentro das possibilidades, estamos atendendo um a um", diz o secretário. Até o momento, o estado de greve ainda não afetou os serviços prestados pela prefeitura, mas o setor jurídico do Executivo estuda o pedido de ilegalidade do movimento.

Um novo ato público que inclui as inúmeras categorias representadas pelo sindicato dos servidores, como trabalhadores da saúde, do setor administrativo, agentes de trânsito e guardas, ocorre na próxima quarta (29), às 9h, no Viaduto Geraldo Melo, em Prazeres, perto da estação de metrô.

Confira a pauta de reivindicações do Sindicato dos Servidores (SINSMUJG) na íntegra:

1- Reajuste salarial linear e estendido às gratificações de 18% para todos os servidores efetivos, contratados, agentes comunitários de saúde, agentes de combate às endemias, agentes de transito, URJ, aposentados e pensionistas;
2 - Reposição das perdas financeiras nas gratificações congeladas nos últimos dois anos;
3 - Implantação do reajuste de 3,4% aos servidores efetivos que participaram da avaliação de competências em 2014 com pagamento retroativo a dezembro de 2013;
4 - Implantação de uma politica de capacitações para todos servidores;
5 - Melhorias imediatas nas condições de trabalho de todos os servidores;
6 - Encaminhamentos e pagamento de todos os processos de solicitação da gratificação de insalubridade e pagamento dos retroativos dos processos já implantados;
7 - Implantação de uma politica de assistência à saúde de todos os servidores de Jaboatão;
8 - Encaminhamento e implantação da aposentadoria especial dos servidores com insalubridade e periculosidade; 
9 - Reajuste do vale-refeição de R$ 12 para R$ 15 e transformação do valor em pecúlio, como acordado em negociação passada;10 - Reavaliação do PCCV. Lei 430/2010;11- Garantir as 120 horas no PVJET para todos os servidores que tinham este direito;
12 - Garantir o reajuste para 100% gratificação de risco de vida da guarda municipal;
13 - Reajuste e reposição das perdas financeiras das gratificações de produtividade dos servidores do planejamento e saúde (visa);
14 - Aumentar a receita financeira prevista em lei de 25% do PAB para 30% do PAB, para pagamento da produtividade do SUS;
15 - Valorização e recuperação da banda de música do município e de profissionais músicos;
16 - Garantir o ingresso dos novos concursados da guarda municipal e agentes de trânsito;
17- Incorporação da gratificação de exercício dos servidores que ainda não tiveram incorporação.
18 - Revisão dos valores do PVJET;
19 - Diminuição das horas trabalhadas sem diminuição dos valores;
20 - Garantia do pagamento dos direitos trabalhistas para servidores aposentados e pensionistas;
21- Regulamentação por lei do ticket refeição;
22 - Rever os cálculos do adicional noturno.



Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Especial Nova Rotação Especial Nova Rotação
As cidades estão entrando em colapso. Refletem o resultado da mobilidade urbana convencional, um mal incorporado à sociedade e de difícil enfrentamento.Mas o momento de inverter essa lógica é agora. Criar uma nova rotação para as cidades, para as pessoas
JC Recall de Marcas 2019 JC Recall de Marcas 2019
Pitú e Vitarella são as marcas mais lembradas pelo consumidor pernambucano, de acordo com a edição 2019 do Prêmio JC Recall de Marcas. O ranking foi feito a partir de levantamento do Harrop Pesquisa para o Jornal do Commercio.
Especial Tempo de Férias Especial Tempo de Férias
O tempo das férias finalmente chegou e com ele os vários planos sobre o que fazer no período livre. O JC traz algumas dicas de como otimizar o período para voltar renovado do merecido descanso.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM