Jornal do Commercio
INTERIOR

Após prisão do prefeito, vice-prefeito de Catende é empossado na cidade

Prefeito está preso no Cotel por suspeita de liderar organização criminosa

Publicado em 17/06/2016, às 16h59

Sacos de de dinheiro foram apreendidos na operação Tsunami / Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Sacos de de dinheiro foram apreendidos na operação Tsunami
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Da Editoria de Política

Após 15 dias da prisão do prefeito de Catende, Otacílio Cordeiro (PSB), o vice-prefeito do município, Josibias Cavalcanti (PSD), tomou posse nesta sexta-feira (17). Nas duas últimas semanas, a cidade vivia um hiato na gestão, uma vez que o prefeito está detido no Cotel acusado de liderar uma organização criminosa. 

Josibias já governou a cidade por dois mandatos. Ele assumiu o posto após entrar com mandado de segurança para reverter uma decisão da Câmara dos Vereadores que queria estender a licença do prefeito preso. Pela lei orgânica do município, o gestor poderia ficar até 15 dias afastado sem perder o mandato. Os vereadores, em sua maioria da base aliada, assinaram decreto para prorrogar o período. 

O vice-prefeito disse que a primeira medida será fazer um levantamento das condições financeiras de Catende. "Segunda-feira (20), vamos ao Tribunal de Contas do Estado (TCE) para ver as contas da prefeitura. Mas eles levaram computador, equipamentos. Foi uma ação muito violenta. Nossas prioridades são cuidar da saúde, que é imprescindível", afirmou Josibias. 



RELEMBRE O CASO

O prefeito Otacílio Cordeiro foi preso no início de junho, dia 02, acusado de liderar uma organização criminosa suspeita de emprego irregular de verbas públicas, corrupção, falsificação de documentos e lavagem de dinheiro. Além do prefeito, foram presas outras dez pessoas, incluindo o filho dele, Ronaldo Cordeiro, secretário de finanças, e a nora, esposa de Ronaldo, Andreza Paes. Os demais detidos são assessores do gestor.

As prisões fizeram parte da Operação Tsunami, deflgarada pela Polícia Civil. Na ocasião, também foram cumpridos 21 mandados de busca e apreensão e oito mandados de condução coercitiva. Foram apreendidos documentos, dinheiro, armas de fogo, computadores e celulares dos envolvidos. Os mandados foram cumpridos nas cidades de Catende, Palmares, Cupira, Altinho, Quipapá e Recife. Cerca de 200 policiais participaram da ação. 


Palavras-chave


Comentários

Por Adenisio Pereira Correia,17/06/2016

Tem gente que gosta de sofrer.Em CATENDE ainda tem eleitores que estão defendendo o prefeito que foi preso. Minha gente lugar de ladrão é na Cadeia. Por isto que tem muitos politicos Brasileiros que não lembram do que roubou. Porque acha que todos nós somos indiota.



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Papai Noel o ano inteiro Papai Noel o ano inteiro
As luzes na cidade anunciam que o Natal já chegou. É nesta época do ano que o espírito natalino faz aflorar alguns dos sentimentos mais nobres. Agora iremos contar histórias de pessoas, organizações e empresas que fizeram da solidariedade missão de vida
Vida fit todo dia Vida fit todo dia
Apesar de a abertura do Verão no Brasil só acontecer em dezembro, no Nordeste há uma antecipação da data. Por esse motivo, que tal aproveitar esses meses de energia para cultivar bons hábitos e mudar o estilo de vida? Veja várias dicas de como se cuidar
BRT: E agora? BRT: E agora?
Ele está ferido, sofrido. Esquecido. E sem perspectivas de melhoria. Tem sobrevivido como é possível e, apenas pontualmente, esboça reações positivas. O sistema BRT, Bus Rapid Transit, tem sofrido de inanição em todo o País. E poderá se perder.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM