Jornal do Commercio
POLÍCIA FEDERAL

Nova fase da Lava Jato faz busca e apreensão em imóveis da família Moura Dubeux

Foram cumpridos dois mandados em endereços de Marcos José Moura Dubeux e Marcos Roberto Bezerra de Melo Moura Dubeux, no bairro de Boa Viagem

Publicado em 01/07/2016, às 11h21

Dois mandados de busca e apreensão foram cumpridos na Avenida Boa Viagem / Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Dois mandados de busca e apreensão foram cumpridos na Avenida Boa Viagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
JC Online e ABr
Atualizada às 11h47

Atualizada às 14h20

Na nova fase da Operação Lava Jato, chamada de Sepsis, a Polícia Federal cumpriu mandados de busca e apreensão em imóveis da família Moura Dubeux em Pernambuco, nesta sexta-feira (1º). Ao todo, foram cumpridos três mandados no Recife e no Cabo de Santo Agostinho.

Os dois endereços alvos de buscas no bairro de Boa Viagem, na Zona Sul do Recife, são residências dos empresários Marcos José Moura Dubeux e Marcos Roberto Bezerra de Melo Moura Dubeux, que são pai e filho. No apartamento de Marcos José, foram apreendidos 30,175 mil euros, 53,97 mil dólares, 13 mil libras e um equipamento de informática. 

O terceiro mandado de busca e apreensão foi expedido contra a empresa Cone S/A, no Cabo de Santo Agostinho. Em nota, a companhia informou que está colaborando e só vai se manifestar quando tiver conhecimento do conteúdo da denúncia.



Leia a nota na íntegra:

A empresa Cone S/A irá se manifestar quando tiver conhecimento de todo o conteúdo da denúncia. Neste momento, a companhia está à disposição das autoridades e colaborando para que todas as questões sejam esclarecidas o mais breve possível.  A empresa Cone S/A irá se manifestar quando tiver conhecimento de todo o conteúdo da denúncia. Neste momento, a companhia está à disposição das autoridades e colaborando para que todas as questões sejam esclarecidas o mais breve possível.

Além da ação em Pernambuco, a operação abrange o cumprimento de mandados no Rio de Janeiro, São Paulo e Distrito Federal. As atividades dessa fase foram autorizadas pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavascki, relator da Lava Jato na Corte.

A Moura Dubeux informou, em nota, que "desde 2013 a empresa nem nenhum dos seus sócios tem relação de investimento, sociedade, ou parceria com a Cone S/A." No site da Cone, no entanto, aparece a logomarca da Moura Dubeux como investidora da Cone.




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Irmã Dulce e as lições que se multiplicam Irmã Dulce e as lições que se multiplicam
A Santa Dulce dos Pobres deixou um legado enorme por todo o país, e não poderia ser diferente em Pernambuco. Veja exemplos de quem segue o "anjo bom da Bahia"
Jackson era grande demais para um pandeiro Jackson era grande demais para um pandeiro
Em pouco tempo, Jackson do Pandeiro deixou claro que não se tratava apenas de uma voz a mais no cenário artístico pernambucano. Confira especial sobre o artista
Especial Novo Clima Especial Novo Clima
O inverno não é mais o mesmo. E nem o verão. Os efeitos da crise climática alteraram a rotina de milhares de cidadãos das grandes cidades. O JC traz reportagens especiais desvendando o "novo clima"

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2020 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM