Jornal do Commercio
Eleições 2016

Paulo Câmara participa de convenções de candidatos do PSB

Governador coloca o pé na estrada no fim de semana para prestigiar aliados socialistas

Publicado em 21/07/2016, às 09h19

Paulo Câmara vai ao interior participar de convenções de candidatos do PSB a prefeito / Alusio Moreira/SEI
Paulo Câmara vai ao interior participar de convenções de candidatos do PSB a prefeito
Alusio Moreira/SEI
Franco Benites

O governador Paulo Câmara (PSB) tem duas agendas administrativas nesta quinta-feira (21), em Garanhuns, no Agreste, mas volta ao interior do Estado para uma série de compromissos políticos-partidários no fim de semana. O socialista participará da convenção de candidatos a prefeitos de seu partido no sábado e no domingo. No roteiro, municípios da Região Metropolitana do Recife, do Agreste e do Sertão.

A agenda de Paulo ainda está sendo finalizada, mas é certo que o governador colocará o pé na estrada para prestigiar os postulantes socialistas e comparecer às convenções dos candidatos do PSB. Entre as cidades visitadas, estão São Lourenço da Mata, Surubim, Sertânia, São José do Egito, Carnaíba e Tuparetama.

LEIA MAIS:

Convenções começam com vices indefinidos em Pernambuco

Operação Turbulência deve pautar eleição no Recife

Antônio Campos conversa com Jarbas para tentar apoio do PMDB em Olinda

TSE divulga limite de gastos de campanha para candidatos a prefeito

Governo do Estado libera R$ 3,28 milhões para obras em 16 municípios

Procuradoria Regional Eleitoral vai investigar distribuição de dinheiro por prefeito pernambucano

Prefeito de Cedro, no Sertão, joga dinheiro para moradores da cidade

Interlocutores de Paulo afirmam que ele evitará participar da campanha eleitoral naquelas cidades onde há grandes chances de conflitos e confrontos entre postulantes que integram a sua base de apoio. No caso das cidades visitadas neste fim de semana, não há grandes problemas e por isso ele estará nas convenções dos candidatos do PSB.

O governador deu o OK para os candidatos dessas cidades a partir de alguns critérios. Os postulantes são próximos do Palácio do Campo das Princesas e considerados aliados de “primeira hora”. Além do mais, as cidades são consideradas estratégicas em suas regiões e não haverá risco de constrangimento para Paulo Câmara devido a conflitos no palanque dos adversários do PSB.

Há a expectativa de uma visita do governador a Petrolina, onde o candidato do PSB será o deputado estadual Miguel Coelho. A escolha do partido não ocorreu tranquilamente e houve insatisfação dos também socialistas Lucas Ramos (deputado estadual) e Gonzaga Patriota (deputado federal). Paulo ainda não confirmou, mas deverá ir à cidade sertaneja no próximo fim de semana para reforçar a campanha de Miguel junto com o senador Fernando Bezerra Coelho (PSB), pai e articulador político da campanha do deputado.

ELEIÇÕES EM PERNAMBUCO

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou na última quarta-feira os limites de gastos nas campanhas municipais de outubro. Pela tabela apresentada, cada candidato a prefeito do Recife poderá gastar até R$ 6.607.443,14 no primeiro turno e R$ 1.982.232,94 no segundo turno. Já os vereadores têm um limite de gastos de R$ 887.601,12.

Nos principais colégios eleitorais de Pernambuco com segundo turno, os números variam de cidade para cidade. Os candidatos a prefeito de Jaboatão dos Guararapes terão um teto de R$ 1.114,168,41 (primeiro turno) e R$ 334.250,52 (segundo turno). Os postulantes a vereador terão um limite de R$ 121.699,88.



Em Olinda, o teto será, por candidato, de R$ 1.270.350,41 (primeiro turno) e R$ 381.105,12 (segundo turno). Os interessados no cargo de vereador poderão desembolsar até R$ 95.509,27.

Em Caruaru, os candidatos a prefeito poderão gastar até R$ 2.619.231,31 no primeiro turno e R$ 785.769,39 no segundo turno. Os vereadores têm um teto de R$ 131.125,02. 

Entre as cidades com apenas primeiro turno, Petrolina terá o maior teto: R$ 2.054.481,63 (prefeitos) e R$ 115.185,43 (vereadores). Em Paulista, o limite para é de R$ 1.043.246,02 (prefeitos) e R$ 49.043,72 (vereadores). 

Já o Cabo de Santo Agostinho terá um limite de gastos de R$ 689.470,66 por candidato a prefeito e de R$ 96.474,36 por candidato a vereador. Em Camaragibe, o limite por candidato é de R$ 449.339,45 (prefeito) e R$ 21.221,89 (vereador). 

O teto para os postulantes à prefeitura de Ipojuca no primeiro turno será de R$ 1.796.009,44 e os vereadores terão um limite de R$ 93.576,69.

O menor teto de gastos em Pernambuco para candidatos a prefeito tem o valor de R$ 108.039,06 e para vereadores é de R$ 10.803.91. 

Esse limite abrange as seguintes cidades:

Alagoinha, Angelim, Araçoiaba, Barra de Guabiraba, Bodocó, Bom Conselho, Bonito, Brejão, Brejinho, Cabrobó, Cachoeirinha, Caetés, Calçado, Calumbi, Camutanga, Capoeiras, Carnaíba, Carnaubeira da Penha, Catende, Cedro, Chã de Alegria, Correntes, Cupira, Custódia, Exu, Flores, Floresta, Frei Miguelinho, Gameleira, Granito, Ibimirim, Iguaraci, Itamaracá, Ingazeira, Itacuruba, Itapetim, Itapissuma, Itaquitinga, Jaqueira, Jataúba, Jatobá, João Alfredo, Jucati, Jupi, Jurema, Lagoa do Ouro, Lagoa dos Gatos, Lagoa Grande, Lajedo, Macaparana, Machados, Maraial, Mirandiba, Moreilândia, Nazaré da Mata, Orocó, Palmerina, Panelas, Passira, Pedra, Petrolândia, Poção, Pombos, Primavera, Quixaba, Rio Formoso, Salgadinho, Saloá, Sanharó, Santa Cruz, Santa Cruz da Baixa Verde, Santa Filomena, Santa Maria do Cambucá, Santa Terezinha, São Benedito do Sul, São João, Serrita, Solidão, Tabira, Tacaimbó, Tacaratu, Venturosa, Verdejante, Vertente do Lério, Vertentes, Tamandaré, Terezinha, Terra Nova, Tracunhaém, Trindade, Triunfo e Xexéu.

A lista com o teto de gastos de campanha de todos os municípios brasileiros pode ser vista no site do TSE.




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Irmã Dulce e as lições que se multiplicam Irmã Dulce e as lições que se multiplicam
A Santa Dulce dos Pobres deixou um legado enorme por todo o país, e não poderia ser diferente em Pernambuco. Veja exemplos de quem segue o "anjo bom da Bahia"
Jackson era grande demais para um pandeiro Jackson era grande demais para um pandeiro
Em pouco tempo, Jackson do Pandeiro deixou claro que não se tratava apenas de uma voz a mais no cenário artístico pernambucano. Confira especial sobre o artista
Especial Novo Clima Especial Novo Clima
O inverno não é mais o mesmo. E nem o verão. Os efeitos da crise climática alteraram a rotina de milhares de cidadãos das grandes cidades. O JC traz reportagens especiais desvendando o "novo clima"

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2020 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM