Jornal do Commercio
ELEIÇÕES

Edmar de Oliveira desiste do pleito e apoia Neco para a Prefeitura de Jaboatão

O vereador do Recife teve candidatura indeferida no início da semana, devido a irregularidades nas contas prestadas ao Tribunal de Contas do Estado.

Publicado em 16/09/2016, às 16h00

Com discursos alinhados, eles defenderam, durante debate na Rádio Jornal, que a cidade não pode ser governada por
Com discursos alinhados, eles defenderam, durante debate na Rádio Jornal, que a cidade não pode ser governada por "forasteiros".
Foto: Divulgação
Editoria de Política

Candidato à Prefeitura de Jaboatão dos Guararapes, Edmar de Oliveira (SD), abriu mão do pleito na manhã desta sexta-feira (16), durante debate realizado na Rádio Maranata. O vereador do Recife agora apoia Neco (PDT). O postulante teve o pedido de candidatura indeferido pela Justiça Eleitoral no início da semana, devido a irregularidades nas contas prestadas durante seu mandato como vereador de Jaboatão, em 2003 e 2008.

“Não aguento mais ver gente de fora administrar Jaboatão e deixar a cidade arrasada. Pensando em meus eleitores e analisando como estava a minha campanha, reconheci que precisava me alinhar a outro candidato, e escolhi Neco por ser da terra, por conhecer Jaboatão melhor que ninguém e por ser sério”, justificou Edmar. No debate promovido pela Rádio Jornal nessa quinta-feira (15), ambos os candidatos apontaram o governo por "forasteiros" como o grande problema do município. 



IRREGULARIDADES

Entre as irregularidades que causaram a impugnação do prefeiturável, o Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE-PE) apurou que os veículos locados pelo gabinete do vereador têm proprietários diversos em outros Estados da Federação, não sendo nenhum registrado em nome da empresa indicada como locadora. Foram encontradas despesas com refeições sem especificação dos beneficiários, além de gastos com telefonia celular sem a devida comprovação. O relator do processo determinou a devolução do valor de R$ 57.666,03.




Comentários

Por Jose Mario da Silva,20/09/2016

Caro sr. Neco A partir de agora sue governo já passa a ser duvidoso. Como pode se aliar a um candidato que tem suas contas impugnadas ?????



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Papai Noel o ano inteiro Papai Noel o ano inteiro
As luzes na cidade anunciam que o Natal já chegou. É nesta época do ano que o espírito natalino faz aflorar alguns dos sentimentos mais nobres. Agora iremos contar histórias de pessoas, organizações e empresas que fizeram da solidariedade missão de vida
Vida fit todo dia Vida fit todo dia
Apesar de a abertura do Verão no Brasil só acontecer em dezembro, no Nordeste há uma antecipação da data. Por esse motivo, que tal aproveitar esses meses de energia para cultivar bons hábitos e mudar o estilo de vida? Veja várias dicas de como se cuidar
BRT: E agora? BRT: E agora?
Ele está ferido, sofrido. Esquecido. E sem perspectivas de melhoria. Tem sobrevivido como é possível e, apenas pontualmente, esboça reações positivas. O sistema BRT, Bus Rapid Transit, tem sofrido de inanição em todo o País. E poderá se perder.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM