Jornal do Commercio
Gastos públicos

PEC do Teto: governador prega manutenção dos gastos em áreas sociais

Governador defende que se ampliem investimentos nas áreas de Educação e Saúde

Publicado em 10/10/2016, às 14h40

Paulo Câmara defende manutenção dos investimentos em Educação e Saúde / Aluisio Moreira/SEI
Paulo Câmara defende manutenção dos investimentos em Educação e Saúde
Aluisio Moreira/SEI
Da editoria de Política

O Projeto de Emenda Constitucional 241/2016, conhecido como PEC do Teto de Gastos, entrou no radar de toda a classe política do País. Em Pernambuco, o governador Paulo Câmara (PSB) defende a manutenção dos gastos em Educação e Saúde e prega que se ampliem os investimentos nessas áreas.

O posicionamento de Paulo Câmara, que é vice-presidente nacional do PSB, coincide com a direção do partido em Pernambuco. Por meio de uma nota, o PSB pernambucano afirma que o projeto atual impõe sacrifícios à camada mais pobre da população brasileira.

Ex-secretário da Fazenda do governo Paulo Câmara e hoje à frente da pasta de Planejamento e Gestão, Márcio Stefanni falou sobre o assunto e disse que a PEC pode comprometer o repasse de recursos.

LEIA MAIS:

Ministros pernambucanos deixam cargos e devem reforçar votação da PEC do Teto

Câmara aprova por 255 votos a 9 requerimento para votar PEC 241

Não pensamos em plano 'B' para PEC, apenas no plano 'A', afirma Temer

Rodrigo Maia prevê até 380 votos a favor da PEC do teto de gastos

O deputado federal Danilo Cabral (PSB), que ocupou o cargo de secretário de Planejamento e Gestão do governo Paulo Câmara até este ano, já anunciou que votará contra o projeto. 

"Eu votarei contra a PEC. Da maneira em que ela está posta, com o congelamento do orçamento para a educação, saúde e assistência social, não posso ser favorável. Não é razoável que, caso tenhamos superávit, ela seja aplicado no serviço da dívida", disse o deputado.

Dois dos quatro ministros pernambucanos - Bruno Araújo (PSDB) e Fernando Filho (PSB) - deixaram os ministérios em que atuam para votar a favor da PEC do Teto



NOTA

O PSB de Pernambuco reconhece o cenário de grave crise econômica e a necessidade de esforços solidários para restaurar o equilíbrio das contas públicas no Brasil. Porém, diante da possibilidade de votação, na data de hoje (10/10), do Projeto de Emenda Constitucional 241/2016 (PEC do Teto de Gastos), traz a público a seguinte reflexão: a proposta de ajuste é necessária, mas necessita de alterações, pois da forma que está irá impor sacrifícios, sobretudo aos brasileiros mais pobres, que são os que mais dependem dos serviços públicos e já estão sofrendo o maior impacto da queda na atividade econômica, atingidos pelo desemprego e pela inflação.

Em virtude disto, o PSB vem sugerindo alterações ao texto apresentado, no sentido de que, na hipótese de apuração de superávit primário em qualquer dos 20 anos de vigência da Emenda Constitucional, 50% do superávit apurado seja investido em saúde, educação e assistência social, pois somente assim será possível conciliar a indispensável recuperação do equilíbrio fiscal com as demandas de justiça social, que estão na história, nos princípios e na luta permanente do Partido Socialista Brasileiro. 

Desta forma, o Partido Socialista Brasileiro de Pernambuco discorda da aprovação da PEC sem as alterações sugeridas pela bancada Federal.

Executiva estadual do PSB




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Especial Nova Rotação Especial Nova Rotação
As cidades estão entrando em colapso. Refletem o resultado da mobilidade urbana convencional, um mal incorporado à sociedade e de difícil enfrentamento.Mas o momento de inverter essa lógica é agora. Criar uma nova rotação para as cidades, para as pessoas
JC Recall de Marcas 2019 JC Recall de Marcas 2019
Pitú e Vitarella são as marcas mais lembradas pelo consumidor pernambucano, de acordo com a edição 2019 do Prêmio JC Recall de Marcas. O ranking foi feito a partir de levantamento do Harrop Pesquisa para o Jornal do Commercio.
Especial Tempo de Férias Especial Tempo de Férias
O tempo das férias finalmente chegou e com ele os vários planos sobre o que fazer no período livre. O JC traz algumas dicas de como otimizar o período para voltar renovado do merecido descanso.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM