Jornal do Commercio
Eleições 2016

Pesquisa IPMN/JC: no Recife, Geraldo Julio (PSB) tem 58,4% dos votos válidos contra 41,6% de João Paulo (PT)

Regularidade dos dados aponta que o prefeito está mais próximo da reeleição no Recife

Publicado em 29/10/2016, às 12h00

Geraldo Julio segue à frente de João Paulo de acordo com pesquisa IPMN/JC e fica mais perto da reeleição / Montagem JC Imagem
Geraldo Julio segue à frente de João Paulo de acordo com pesquisa IPMN/JC e fica mais perto da reeleição
Montagem JC Imagem
Da editoria de Política

O favoritismo do prefeito e candidato à reeleição Geraldo Julio (PSB) verificado na maior parte das pesquisas produzidas pelo Instituto de Pesquisa Maurício de Nassau (IPMN) em parceria com o Jornal do Commercio e o portal Leia Já na eleição 2016 voltou a se repetir no levantamento deste fim de semana. Na última pesquisa feita neste segundo turno, o socialista aparece com 58,4% dos votos válidos contra 41,6% de João Paulo (PT). Os votos válidos são gerados a partir dos valores de intenção de voto de cada candidato na pergunta estimulada e desconsiderando-se os votos brancos, nulos e indecisos. O nível de confiança da pesquisa IPMN/JC é de 95% e a margem de erro é de 3,5% para mais ou para menos.

No total, foram divulgadas nove pesquisas coordenadas pelo IPMN desde o final de agosto. Na primeira, João Paulo apareceu numericamente à frente de Geraldo Julio, mas os dois candidatos estavam tecnicamente empatados. Da segunda pesquisa em diante, o prefeito sempre esteve na dianteira. Essa estabilidade é um dos fatores que atestam que o gestor municipal está perto de ser reconduzido ao posto para mais quatro anos de mandato de acordo com Adriano Oliveira, cientista político e professor da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).

>> Pesquisa IPMN/JC: eleitores do Recife divididos sobre interesse na eleição

“A última pesquisa IPMN/JC consolida o quadro de estabilidade. Com isto, afirmamos que o prefeito Geraldo Julio será reeleito neste domingo. João Paulo, durante toda a trajetória eleitoral, não ‘roubou’ votos do candidato do PSB e sempre ocorreu a polarização entre PT X PSB. Portanto, o prefeito sempre foi favorito a vencer a disputa”, avaliou Adriano Oliveira, responsável pelas análises sobre os números dos levantamentos do IPMN publicados pelo JC.

A estabilidade de que fala o cientista político é vista no percentual de votos válidos das pesquisas deste segundo turno conforme se avalia cada levantamento. Agora com 58,4% dos votos válidos, Geraldo já apareceu 59%, 61% e 60,2%. João Paulo passou de 39,8% para 39%, depois foi a 41% e tem 41,6% nesse levantamento derradeiro. Como as mudanças ocorreram dentro da margem de erro - 3,5% - não se pode dizer que houve alterações significativas que possibilitassem uma aproximação entre os candidatos.



PESQUSA ESTIMULADA

Assim como nas pesquisas anteriores, Geraldo também é líder na pesquisa estimulada. O prefeito foi o preferido para 48,8% das pessoas entrevistadas pelo IPMN/JC e João Paulo obteve a simpatia de 34,8%. Para 12,3% dos pesquisados, este domingo será dia de votar em branco, nulo ou em nenhum dos candidatos. Já 4,2% não souberam responder ou não responderam.

Na pesquisa espontânea, modelo em que os nomes dos postulantes não são citados pelos entrevistadores, Geraldo tem 48,3% das intenções de voto contra 34,9% de João Paulo. Para 12,1%, a disposição é de votar em branco, nulo ou em nenhum dos postulantes, e 4,7% não responderam ou não souberam responder.

João Paulo lidera a rejeição. Para 19,1% dos entrevistados, o petista não deve ser eleito novamente para administrar o Recife (ele já foi prefeito entre 2001 e 2008 e depois fez João da Costa, do PT, como sucessor). Já 14,7% disseram ter medo que Geraldo Julio seja reeleito. Não há rejeição a nenhum dos postulantes para 64,4% e 1,7% não soube responder ou não respondeu.

Os pesquisadores do Instituto de Pesquisa Maurício de Nassau foram às ruas nos dias 27 e 28 de outubro. O levantamento está registrado no Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) sob o número PE-08336/2016. No total, foram realizadas 816 entrevistas com moradores do Recife maiores de 16 anos. O nível de confiança da pesquisa é de 95% e a margem de erro é de 3,5%.



Comentários

Por sergio luiz da silva,30/10/2016

Reflexo do desgaste do PT e falta de propostas de JP13, que só fez copiar o que G40 apresentou no Guia e nas inserções no rádio e na tv.



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Papai Noel o ano inteiro Papai Noel o ano inteiro
As luzes na cidade anunciam que o Natal já chegou. É nesta época do ano que o espírito natalino faz aflorar alguns dos sentimentos mais nobres. Agora iremos contar histórias de pessoas, organizações e empresas que fizeram da solidariedade missão de vida
Vida fit todo dia Vida fit todo dia
Apesar de a abertura do Verão no Brasil só acontecer em dezembro, no Nordeste há uma antecipação da data. Por esse motivo, que tal aproveitar esses meses de energia para cultivar bons hábitos e mudar o estilo de vida? Veja várias dicas de como se cuidar
BRT: E agora? BRT: E agora?
Ele está ferido, sofrido. Esquecido. E sem perspectivas de melhoria. Tem sobrevivido como é possível e, apenas pontualmente, esboça reações positivas. O sistema BRT, Bus Rapid Transit, tem sofrido de inanição em todo o País. E poderá se perder.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM