Jornal do Commercio
Eleições

Vitórias em Olinda e Caruaru abrem espaço para novos deputados estaduais

Jadeval de Lima (PTN) e Terezinha Nunes (PSDB) assumirão as vagas deixadas por Professor Lupércio (SD) e Raquel Lyra (PSDB)

Publicado em 30/10/2016, às 19h29

Na vaga de Professor Lupércio (SD) na Alepe, assumirá o vereador do Recife Jadeval de Lima (PTN) / Foto: João Bita/Alepe
Na vaga de Professor Lupércio (SD) na Alepe, assumirá o vereador do Recife Jadeval de Lima (PTN)
Foto: João Bita/Alepe
JC Online

Com as vitórias de Professor Lupércio (SD) e Raquel Lyra (PSDB) em Olinda e Caruaru, respectivamente, as cadeiras na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) tiveram algumas modificações.

O vereador Jadeval de Lima (PTN) deverá assumir o cargo no lugar do novo prefeito de Olinda. Já em Caruaru, a vaga de Raquel será ocupada por Terezinha Nunes (PSDB), que já foi deputada estadual.



Terezinha, por sinal, tentou se eleger vereadora no Recife, mas não teve sucesso este ano.

PRIMEIRO TURNO

Do primeiro turno, também chegam à Alepe Maviael Cavalcanti (DEM), Roberta Arraes (PSB), Isaltino Nascimento (PSB) e Laura Gomes (PSB), pela Frente Popular. Da chapa que apoiou Armando Monteiro (PTB) em 2014, também se elegeram dois nomes: Botafogo (PDT) de Carpina e Pedro Serafim Neto (PDT), que será vice em Ipojuca.

Assumem o lugar deles Paulinho Tomé (PT) e Sérgio Leite, ex-petista hoje no PDT, que perdeu a disputa para prefeito de Paulista, na Região Metropolitana.


Galeria de imagens

Legenda
Anteriores
Próximas



Comentários

Por Paulo,08/11/2016

Se houver mudado de partido no período da "Janela Partidária", o Sr. Jadeval não perde seu direito à suplência.

Por Alexandre Almeida,31/10/2016

Maviael Cavalcanti foi eleito prefeito de Macaparana. Ele não vai ser mais deputado.

Por Alvaro Agmo Bezerra de Miranda,30/10/2016

Boa Noite caros amigos do JC Online. Permitam-me arguir um pequeno equívoco que pode está acrescido de tal notícia veiculada, o 1º suplente do prof Lupércio, prefeito eleito da cidade de Olinda, Jadeval de Lima antes o mesmo era coligado ao PTN, o que lha daria direito a se beneficiar da suplência, acontece que o mesmo Jadeval de Lima disputou as eleições 2016, candidato a Vereador pela Capital Recife, militando pelo partido PDT e assim chegando a ser eleito. Acontece que pela Lei do Partidos políticos em em seu art.26 trata da infidelidade partidária, o que retira do Sr Jadeval o direito a suplência, passando assim a vaga para o próximo com maior votação dentro da referida coligação, sendo este o Candidato Anderson Aquino, que continua filiado a partido que compunha a coligação. Corrijam-me caso eu esteja errado. Obrigado pelo espaço. Ótima noite.



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Especial educação Especial educação
E se você descobrisse que o futuro ligado às tendências que irão norteá-lo já chegou? O mundo hoje é um mar de oportunidades, para conhecimento, informação e inovação. Cada vez mais o profissional precisa evoluir. Por isso veja o caminho a seguir
A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza
A capital cearense, diferentemente da pernambucana – embora nordestina também – deu um salto na infraestrutura viária voltada para as bicicletas. A cidade está repleta de ciclofaixas. Por toda parte. E a grande maioria conectada
Cantos e Recantos Cantos e Recantos
A temporada de sol está nos espreitando, e a Praia de Boa Viagem é sempre uma opção de passeio. Mas que tal ousar um pouquinho na quilometragem e desbravar outros destinos? Pernambuco tem muitos lugares fantásticos e você vai adorar o roteiro que o JC fe

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM