Jornal do Commercio
IMPOSTO

Governo de Pernambuco recua e empurra IPVA para fevereiro

A decisão foi tomada com o objetivo de permitir que o contribuinte possa se planejar para realizar o pagamento do IPVA

Publicado em 08/12/2016, às 12h14

O governador ainda reiterou que metade dos recursos obtidos com o IPVA serão repassados para os municípios do Estado / Foto: Alexandre Gondim / JC Imagem
O governador ainda reiterou que metade dos recursos obtidos com o IPVA serão repassados para os municípios do Estado
Foto: Alexandre Gondim / JC Imagem
JC Online

Atualizada às 13h37

Depois de ser pressionado pela população, principalmente nas redes sociais, por conta da antecipação do pagamento do IPVA para janeiro, o governador Paulo Câmara decidiu adiar a cobrança do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) de janeiro para fevereiro de 2017. A decisão foi tomada em reunião na manhã desta quinta-feira (8) com o secretário da Fazenda, Marcelo Barros, após o governo ter sofrido diversas críticas por ter adiantado o pagamento do imposto ‘’de surpresa’’. Em nota, Câmara disse que o adiamento tem o objetivo de permitir que o contribuinte possa se planejar para realizar o pagamento. As novas datas (tanto da cota única como as parceladas), no entanto, não foram divulgadas.

Na decisão, o desconto ampliado de 7% no pagamento da parcela única foi mantido. O governador ainda reiterou que metade dos recursos obtidos com o IPVA serão repassados para os municípios do Estado. “Foi uma forma que encontramos de também ajudar os municípios pernambucanos, neste início de 2017. A antecipação desse dinheiro chegará num momento importante”, explicou Paulo Câmara, chamando atenção para o combate às arboviroses nessas cidades.



Mudança de ideia

Mais cedo, o governador Paulo Câmara (PSB) havia se mostrado satisfeito com a antecipação do IPVA para janeiro. Ele defendeu que a antecipação iria ajudar os novos prefeitos, eleitos neste ano, a começarem suas gestões. 

Apesar disso, o psbista também reconheceu que, se o anúncio sobre o adiantamento tivesse sido feito antes "teria sido melhor", mas defendeu que a medida é necessária.


Palavras-chave




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Irmã Dulce e as lições que se multiplicam Irmã Dulce e as lições que se multiplicam
A Santa Dulce dos Pobres deixou um legado enorme por todo o país, e não poderia ser diferente em Pernambuco. Veja exemplos de quem segue o "anjo bom da Bahia"
Jackson era grande demais para um pandeiro Jackson era grande demais para um pandeiro
Em pouco tempo, Jackson do Pandeiro deixou claro que não se tratava apenas de uma voz a mais no cenário artístico pernambucano. Confira especial sobre o artista
Especial Novo Clima Especial Novo Clima
O inverno não é mais o mesmo. E nem o verão. Os efeitos da crise climática alteraram a rotina de milhares de cidadãos das grandes cidades. O JC traz reportagens especiais desvendando o "novo clima"

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2020 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM