Jornal do Commercio
Crise nos municípios

Amupe vai pedir R$ 196 milhões à União para socorrer prefeituras

Pelo menos cinco prefeituras de Pernambuco já começaram a demitir funcionários por conta do deficit nas receitas municipais

Publicado em 14/11/2017, às 13h04

Prefeitos pernambucanos anunciaram nesta terça (14), uma série de medidas para conter a crise, como demissão de funcionários e redução de serviços a população / Foto: Felipe Ribeiro / JC Imagem
Prefeitos pernambucanos anunciaram nesta terça (14), uma série de medidas para conter a crise, como demissão de funcionários e redução de serviços a população
Foto: Felipe Ribeiro / JC Imagem
Editoria de Política
Com informações da repórter Ângela Belfort

A Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe) vai pedir uma ajuda emergencial de R$ 196 milhões à União para socorrer financeiramente os 184 municípios pernambucanos. A situação da maioria das prefeituras é de deficit nas suas receitas. Pelo menos cinco prefeituras já começaram a demitir e vão desligar mais funcionários até o final deste mês.

Segundo o presidente da Amupe, José Patriota, o problema que mais atingiu as finanças municipais foi a queda nos repasses do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), uma das principais receitas dos pequenos municípios.



Os prefeitos pernambucanos vão a Brasilia no próximo dia 22 para pressionar o governo federal a liberar recursos emergenciais para as Prefeituras. Em todo o País, esse socorro custará R$ 4 bilhões e deve sair do tesouro nacional.

Medidas drásticas

Diante da crise financeira que afeta os cofres municipais do estado, prefeitos pernambucanos anunciaram nesta terça-feira (14) pela manhã, na sede da Amupe, uma série de medidas drásticas a serem tomadas para conter os gastos, como a demissão de funcionários e redução de serviços prestados à população. 




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Irmã Dulce e as lições que se multiplicam Irmã Dulce e as lições que se multiplicam
A Santa Dulce dos Pobres deixou um legado enorme por todo o país, e não poderia ser diferente em Pernambuco. Veja exemplos de quem segue o "anjo bom da Bahia"
Jackson era grande demais para um pandeiro Jackson era grande demais para um pandeiro
Em pouco tempo, Jackson do Pandeiro deixou claro que não se tratava apenas de uma voz a mais no cenário artístico pernambucano. Confira especial sobre o artista
Especial Novo Clima Especial Novo Clima
O inverno não é mais o mesmo. E nem o verão. Os efeitos da crise climática alteraram a rotina de milhares de cidadãos das grandes cidades. O JC traz reportagens especiais desvendando o "novo clima"

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2020 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM