Jornal do Commercio
ELEIÇÕES 2018

O plano João Campos para ser deputado federal

Aos 24 anos, João Campos vai tentar vaga de deputado federal e já é visto como futuro do PSB

Publicado em 13/01/2018, às 15h00

Filho de Eduardo, João Campos (PSB) já trata candidatura como natural / Foto: Luiz Macedo/Câmara dos Deputados
Filho de Eduardo, João Campos (PSB) já trata candidatura como natural
Foto: Luiz Macedo/Câmara dos Deputados
Paulo Veras

Aos 24 anos, João Campos é mais novo do que qualquer um dos deputados federais hoje no Congresso. Ainda assim, o jovem filho do ex-governador e Eduardo Campos – morto em acidente aéreo em 2014 – é a principal aposta do PSB para a disputa de federal no Estado.

Chefe de gabinete do governador Paulo Câmara, João passou os últimos quatro anos se preparando para enfrentar as urnas pela primeira vez e se colocar definitivamente como uma futura liderança socialista. "Acho natural falarem disso quando percebem que há uma participação minha ao longo do tempo", admite João. "Essa decisão vai ser tomada de forma colegiada. Eu sempre me coloquei à disposição do partido. Se o partido precisar, eu vou estar à disposição", ressalta.

Para o PSB, não há dúvidas. João será candidato a deputado federal, afirma o presidente estadual da legenda, Sileno Guedes. "Existe um consenso na direção do partido e nas principais lideranças da necessidade de ele ajudar a compor a nossa bancada e, a partir do ano que vem, ter um papel nacional também no partido."

A primeira vez em que o nome de João foi cotado para entrar na corrida pela Câmara foi em 2014; ocupando a vaga que a família sempre teve no Congresso desde 1995, com o ex-governador Miguel Arraes, Eduardo e Ana Arraes, ministra do Tribunal de Contas da União (TCU). Naquele ano, porém, a candidatura do filho poderia interferir nacionalmente no projeto presidencial de Eduardo. Além disso, a mãe, Renata Campos, defendia que ele concluísse o curso de Engenharia Civil.



Mas foi a partir daquele ano que a preparação ganhou força. Em meio ao vácuo político na Frente Popular deixado pela morte de Eduardo, o filho se engajou na campanha pela eleição de Paulo Câmara, com agenda própria em várias cidades do interior. Logo virou secretário de Organização do PSB, para ficar em contato com as bases da legenda.

Rito socialista

No início de 2016, foi nomeado para o primeiro cargo público, como chefe de gabinete de Paulo, na antessala do governador, recebendo cada prefeito, deputado e presidente de partido. O rito é descrito por socialistas como uma forma de conhecer a política por dentro, conversar com lideranças e participar dos entendimentos.

Na conversa com o JC antes de embarcar para um programa de líderes em ascensão no Reino Unido, João mostrou de vez que vai encabeçar a defesa de Paulo. "O povo percebe ele (Paulo Câmara) como um gestor sério, pessoa humilde, decente e coerente, que vem fazendo a diferença em Pernambuco."


Recomendados para você


Comentários

Por maciel,14/01/2018

NÃO É POSSÍVEL Q NÓS PERNAMBUCANOS VAMOS VOTAR NUM ABESTADO DESTE , PERPETUANDO A FAMÍILIA CAMPOS .: SRÁ Q NÃO APREDEMOS NADA COM ESSAS LAMBANÇAS.? ESSES MESMOS NO PODER? TENHA PACIENCIA DIGA NÃO A ESSE PENETRA MAMADOR.

Por Assistido pobre da Defensoria Pública,14/01/2018

Para Pernambuco eu já tenho um possível candidato. Honesto, trabalhador e fez já muito pelo povo pernambucano através da defensoria pública: MANOEL JERÓNIMO DE MELO NETO, DEFENSOR PÚBLICO GERAL DO ESTADO. Para deputado estadual.

Por Pedro,14/01/2018

Mudem o título da matéria por favor. Não dá para enganar o caráter propagandista dessa "matéria". Ficaria melhor: O nosso plano e apoio para João Campos ser deputado federal.

Por jorge,14/01/2018

João, seja bem vindo! Com sua juventude, expulse no voto esses politicos fajutos do nosso Estado. Acreditamos na juventude e em você!!!

Por ZéBestão,14/01/2018

Deixem-me entender: o cara nunca trabalhou na vida e quer começar logo como dep federal! É a terra do político mamador profissional: tentará passar o resto da vida mamando nas têtas do dinheiro público, a exemplo da família imperial, e fazendo conchavos mil para se manter usufruindo e ditando o destino do seu dinheiro. Todo povinho tem o politicuzinho que merece.



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza
A capital cearense, diferentemente da pernambucana – embora nordestina também – deu um salto na infraestrutura viária voltada para as bicicletas. A cidade está repleta de ciclofaixas. Por toda parte. E a grande maioria conectada
Cantos e Recantos Cantos e Recantos
A temporada de sol está nos espreitando, e a Praia de Boa Viagem é sempre uma opção de passeio. Mas que tal ousar um pouquinho na quilometragem e desbravar outros destinos? Pernambuco tem muitos lugares fantásticos e você vai adorar o roteiro que o JC fe
As Paixões de José Pimentel, o eterno Jesus As Paixões de José Pimentel, o eterno Jesus
O JC preparou um hotsite especial em homenagem ao ator e diretor Jose Pimentel, o eterno Jesus Cristo do teatro pernambucano

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM