Jornal do Commercio
Ofício

Paulo Câmara pede a intercessão de Temer em relação ao Reassentamento de Itaparica

Governador enviou ofício hoje ao presidente da República, pedindo que decisão da Codevasf seja revista

Publicado em 06/07/2018, às 12h59

"É fundamental que o presidente esteja consciente do problema social que essa decisão vai causar", disse o governador
Foto: Roberto Pereira
Da Editoria de Política

Após a Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco e Parnaíba (Codevasf) decidir transferir a operação e manutenção dos perímetros irrigados do Reassentamento do Sistema Irrigado de Itaparica, o Palácio do Campo das Princesas divulgou, nesta sexta-feira (6), que o governador Paulo Câmara (PSB) enviou ofício ao presidente Michel Temer (MDB) alertando o Governo Federal sobre o fato.

O reassentamento em questão recebeu milhares de famílias de produtores rurais que foram deslocados das suas terras devido à inundação causada pelo reservatório da Hidrelétrica de Itaparica. O fato foi formalizado em 1986, através de acordo entre as famílias e a Companhia Hidroelétrica do São Francisco (Chesf), durante movimento de ocupação do canteiro das obras da barragem.

No documento enviado hoje a Brasília, Paulo afirma que os reassentados foram informados que a Codevasf para os irrigantes a operação e manutenção dos perímetros irrigados. "É fundamental que o presidente esteja consciente do problema social que essa decisão vai causar para milhares de famílias, que tiram seu sustento das atividades no Reassentamento", disse o governador.



Entre as informações repassadas a Temer, Paulo acrescentou que o contrato da empresa responsável pela operação do abastecimento do período irrigado foi suspenso pela Codevasf no último dia 29 e que a Celpe cortou a energia elétrica que era usada para garantir o funcionamento das estações de bombeamento. O motivo seria uma dívida de quase R$ 8 milhões que a Codevasf acumula com a companhia.

PEDIDO DE "INTERCESSÃO E APOIO"

"Por tudo isso, senhor presidente, ante esse quadro de extrema gravidade - e considerando que estamos diante de um contingente de 30 mil famílias que dependem, direta ou indiretamente, do Sistema Irrigado de Itaparica - venho encarecer a intercessão e o apoio de vossa excelência, com vistas ao equacionamento dessa situação e ao restabelecimento das condições de trabalho e sobrevivência de nossa gente, pelo que - desde já - lhe apresento meus melhores agradecimentos", diz trecho do ofício assinado pelo socialista.





Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Vida fit todo dia Vida fit todo dia
Apesar de a abertura do Verão no Brasil só acontecer em dezembro, no Nordeste há uma antecipação da data. Por esse motivo, que tal aproveitar esses meses de energia para cultivar bons hábitos e mudar o estilo de vida? Veja várias dicas de como se cuidar
BRT: E agora? BRT: E agora?
Ele está ferido, sofrido. Esquecido. E sem perspectivas de melhoria. Tem sobrevivido como é possível e, apenas pontualmente, esboça reações positivas. O sistema BRT, Bus Rapid Transit, tem sofrido de inanição em todo o País. E poderá se perder.
Especial educação Especial educação
E se você descobrisse que o futuro ligado às tendências que irão norteá-lo já chegou? O mundo hoje é um mar de oportunidades, para conhecimento, informação e inovação. Cada vez mais o profissional precisa evoluir. Por isso veja o caminho a seguir

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM