Jornal do Commercio
PERNAMBUCO

'Ele precisa ter em quem bater', diz Temer sobre críticas de Paulo Câmara

Michel Temer contradisse afirmações feitas por Paulo Câmara sobre o Governo Federal não ter investido em Pernambuco

Publicado em 29/08/2018, às 09h54

Paulo Câmara disse ter sido perseguido pelo governo  / Foto: Guga Matos/JC Imagem
Paulo Câmara disse ter sido perseguido pelo governo
Foto: Guga Matos/JC Imagem
JC Online

Em entrevista ao Passando a Limpo, da Rádio Jornal, o presidente Michel Temer contradisse as críticas feitas por Paulo Câmara ao afirmar que não deixou de contribuir com Pernambuco durante sua gestão, e ressaltou que tinha um bom relacionamento com o governador.

"Você lembra que ele me deu apoio, os deputados ligados a ele votaram pelo impeachment sem que eu fizesse qualquer pedido", relembrou o presidente. "Tenho uma relação de oito páginas cheias do que foi feito por Pernambuco. Em todas as áreas houve um trabalho muito intenso", garantiu, enfatizando o investimento nas áreas de saúde, educação e segurança pública.

Ouça a íntegra da entrevista: 

"Ele precisa ter em quem bater"

O peemedebista amenizou as declarações do candidato ao governo pelo PSB e disse 'compreender' o teor da sua fala. "Já tenho estrada politica e concepções conceituais o suficiente para compreender o governador. Ele está no período eleitoral, precisa ter em quem bater [...] Vamos compreender a posição dele. Logo depois da eleição ele se pacifica", rebateu Temer.



Paulo Câmara diz nunca ter apoiado Temer

Após a fala de Temer, Paulo Câmara pediu para responder e acusou o peemedebista de não cumprir suas promessas para o Estado, além de só olhar para os mais ricos. "Não olhou o Nordeste, não ajudou Pernambuco, não teve compromisso conosco", disse o governador. 

Quanto a relação política entre os dois no passado, Paulo rebateu: "Vamos primeiro separar o que é cordialidade, do que é apoio. É bem diferente. O presidente Temer não tem o nosso apoio e nunca teve em nenhum dos momentos do nosso governo. Eramos a favor de novas eleições e nunca aceitamos cargos no governo do Temer".

Ouça a entrevista de Paulo:

 


Galeria de imagens

Legenda
Anteriores
Próximas





Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Especial Tempo de Férias Especial Tempo de Férias
O tempo das férias finalmente chegou e com ele os vários planos sobre o que fazer no período livre. O JC traz algumas dicas de como otimizar o período para voltar renovado do merecido descanso.
Copa América no Brasil Copa América no Brasil
Confira a relação da Copa América com o Brasil, o histórico e detalhes da edição deste ano, na qual a seleção terá que se virar sem Neymar, cortado do torneio. Catar e Japão participam como convidados
O nome dele era Gabriel Diniz O nome dele era Gabriel Diniz
José Gabriel de Souza Diniz, o Gabriel Diniz, ou simplesmente GD como os fãs o chamavam, morreu precocemente, aos 28 anos, em um acidente com um pequeno avião no litoral sul de Sergipe ocorrido na segunda-feira, 27 de maio de 2019.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM