Jornal do Commercio
Notícia
Centenário

100 anos do Jornal do Commercio são celebrados na Alepe

A Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) promoveu na noite desta terça-feira (14) sessão solene em homenagem ao centenário do Jornal do Commercio

Publicado em 14/05/2019, às 21h07

"Vamos seguir em frente cada vez mais integrados dentro de uma dinâmica multiplataforma, dando projeção e sendo sempre a voz de todos os pernambucanos”, afirmou o presidente do SJCC, João Carlos Paes Mendonça
Foto: Deyvison Nunes/JC Imagem
Editoria de Política

O auditório Sérgio Guerra da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) ficou cheio para homenagear os 100 anos do Jornal do Commercio na noite dessa terça-feira (14). O deputado estadual Tony Gel (MDB) foi o autor do requerimento para a realização da sessão solene, aprovada por unanimidade pelos deputados da Casa de Joaquim Nabuco. Nesta quarta-feira (15), será a vez de celebrar o centenário do JC no Congresso Nacional, em sessão que será realizada no Plenário Ulysses Guimarães, na Câmara dos Deputados, às 11h.

O presidente do Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC), João Carlos Paes Mendonça, que assumiu o comando do jornal há 30 anos, lembrou em seu discurso os desafios que enfrentou para reerguer a empresa. “A imensa dificuldade colocou diante de mim a difícil tarefa de recuperar o Jornal do Commercio e fazer dele uma referência em credibilidade e qualidade da informação. Àquela altura, meu compromisso já era dos mais sérios. Desistir significava fracassar. E fracassar significa sepultar um pedaço de nossa história”, orgulhou-se o empresário.

> Discurso de João Carlos Paes Mendonça na Alepe

Na visão de Paes Mendonça, é um privilégio o fato do JC ter conquistado o reconhecimento do povo pernambucano. “O esforço vale a pena, apesar de toda as dificuldades que existem na área de comunicação no mundo todo. Mas nós temos um compromisso firme e sério de continuar trabalhando para servir Pernambuco”, disse.

Durante a sua fala, Tony Gel elogiou o trabalho de Paes Mendonça à frente do JC. “Na trajetória do Jornal do Commercio é necessário alguém com a garra, a determinação, a pujança, com o otimismo de um homem como João Carlos Paes Mendonça, que pudesse assumir esse grupo de comunicação”, salientou o parlamentar.



O emedebista também exaltou a contribuição da empresa para os avanços conquistados pela sociedade ao longo desses 100 anos. “Merecida, portanto, essa homenagem da Casa de Joaquim Nabuco. Parabéns João Carlos Paes Mendonça pela coragem, dinamismo e perseverança. Parabéns a todos que fizeram e fazem o centenário do Jornal do Commercio. Graças a esse grupo de mais de 800 funcionários que Pernambuco vai continuar falando e escrevendo para o mundo”, saudou Tony Gel.

Qualidade

Para a vice-governadora, Luciana Santos (PCdoB), que prestigiou a sessão solene, o JC estabeleceu sua identidade por ter tido a possibilidade de vivenciar os acontecimentos que marcaram a história do Estado nos últimos 100 anos. “Para que a gente possa escrever a nossa própria história é necessário que os jornais da qualidade que é praticado no Jornal do Commercio tenham acompanhado esses processos e tenham até se misturado com a história de Pernambuco”.

O presidente da Alepe, Eriberto Medeiros (PP), ressaltou o papel do JC em manter a sociedade pernambucana bem informada, pautada na credibilidade, confiança e inovação. “Durante esse intervalo de tempo de um século no Brasil e em Pernambuco nós intercalamos ciclos de desenvolvimento com épocas de recessão financeira, alternando regimes de exceção com períodos democráticos. Tivemos no Jornal do Commercio um ferrenho defensor de nossas liberdades de imprensa e expressão principalmente nos momentos mais obscuros, quando tentavam não só amordaça-lo, mas também este Parlamento. Por isso, esta Assembleia Legislativa orgulha-se de ter combatido o bom combate ao lado do JC, durante os 100 anos defendendo os valores democráticos, bem como o desenvolvimento de Pernambuco”, disse Eriberto.

Representando o presidente do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) Adalberto de Oliveira Melo, o desembargador Jones Figueiredo Alves disse ver no Jornal do Commercio um instrumento de informação necessário para a democracia. “O que o Jornal do Commercio evoluiu foi exatamente na qualidade de conteúdo, não apenas no sentido de fazer com que a opinião pública pudesse ser bem informada, mas sobretudo em influir na consciência de cada leitor em função do compromisso que cada pernambucano tem com o seu Estado e com a sua história”, afirmou.




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Especial Nova Rotação Especial Nova Rotação
As cidades estão entrando em colapso. Refletem o resultado da mobilidade urbana convencional, um mal incorporado à sociedade e de difícil enfrentamento.Mas o momento de inverter essa lógica é agora. Criar uma nova rotação para as cidades, para as pessoas
JC Recall de Marcas 2019 JC Recall de Marcas 2019
Pitú e Vitarella são as marcas mais lembradas pelo consumidor pernambucano, de acordo com a edição 2019 do Prêmio JC Recall de Marcas. O ranking foi feito a partir de levantamento do Harrop Pesquisa para o Jornal do Commercio.
Especial Tempo de Férias Especial Tempo de Férias
O tempo das férias finalmente chegou e com ele os vários planos sobre o que fazer no período livre. O JC traz algumas dicas de como otimizar o período para voltar renovado do merecido descanso.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM