Jornal do Commercio
Notícia
Verba

Alepe aprova aumento de limite de gastos com verba de gabinete

Projeto prevê aumento no acréscimo que alguns deputados já possuem para a verba de gabinete, saindo de R$ 187,2 mil para R$ 198,9 mil

Publicado em 21/05/2019, às 19h09

Nas primeira e na segunda discussões, o projeto recebeu 36 votos favoráveis e dois contra, das deputadas Priscila Krause (DEM) e Juntas (PSOL) / Foto: Rinaldo Marques/Alepe
Nas primeira e na segunda discussões, o projeto recebeu 36 votos favoráveis e dois contra, das deputadas Priscila Krause (DEM) e Juntas (PSOL)
Foto: Rinaldo Marques/Alepe
Editoria de Política

A Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) aprovou, nesta terça-feira (21), o aumento de 10 pontos percentuais no limite de gastos com a verba de gabinete dos líderes e vice-líderes partidários, líderes e vice-líderes de bancada e presidentes de 12 Comissões Permanentes da Casa. Nas primeira e na segunda discussões, o projeto recebeu 36 votos favoráveis e dois contra, das deputadas Priscila Krause (DEM) e Juntas (PSOL).

Essa verba, no valor de R$ 177 mil, é utilizada para pagamento das gratificações de até 23 funcionários por gabinete de cada deputado. Ocupar cargos de liderança e de presidência dos colegiados já dá direito a um adicional em cima do valor da verba de gabinete. De acordo com o projeto, o acréscimo sai de 60% para 70%, ou seja, de R$ 187,2 mil para R$ 198,9 mil

A matéria aprovada foi o Substitutivo nº 01 ao Projeto de Lei nº 234, aprovado em primeira discussão nessa segunda-feira (21). O Substitutivo exclui o aumento de 70% para 80% para os líderes das bancadas de governo e oposição, previsto no projeto original. Na prática, todos os cargos ficaram com o mesmo adicional de 70%.

Os presidentes das três primeiras comissões (Constituição e Justiça, Administração e Finanças), além dos primeiro e segundo vice-presidentes e o segundo, terceiro e quarto secretários, todos da Mesa Diretora, já tinham direito a 70% a mais. Além desses cargos, apenas o presidente da Casa tem direito a um adicional de 100% e o 1º secretário, 90%. Esses percentuais não foram modificados no projeto. De acordo com o 1º secretário, Clodoaldo Magalhães (PSB), o acréscimo passará a valer ainda em maio, com retroativo do mês de abril. 



Considerando a estrutura parlamentar da Alepe, que consta Diário Oficial de 16 de março de 2019, dos 49 deputados da Casa, todos ocupam cargos que, devido a suas atribuições na Mesa Diretora, em lideranças partidárias ou de bancadas têm direito a algum acréscimo na verba de gabinete. Dez partidos possuem apenas um representante na Casa, que são justamente os líderes da sua sigla.

Justificativa

De acordo com a justificativa do PLO nº 234/2019, as alterações visam ajustar a realidade à demanda. “Os acréscimos fazem jus a uma ampliação de demanda laboral e se refletirá em melhor oferta global de serviços dos propósitos desta Casa”, diz trecho da justificativa.

A proposta, de autoria da Mesa Diretora, foi publicada no Diário Oficial na última terça-feira (14) e enviada às três primeiras comissões. Na própria terça, foi aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça e na quarta-feira (15), pelas Comissões de Administração e Finanças.

O parecer do relator Diogo Moraes (PSB) na comissão de Finanças, alega que o projeto não contraria a legislação orçamentária, financeira ou tributária do Estado. “O último relatório de gestão fiscal, referente ao período de janeiro a dezembro de 2018, demonstra que este Poder Legislativo não possui dívida consolidada líquida nem operações de crédito. Por outro lado, possuía disponibilidade de caixa, antes da inscrição de restos a pagar, no montante de R$ 10.844.270,08”, diz trecho do parecer.




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Especial Nova Rotação Especial Nova Rotação
As cidades estão entrando em colapso. Refletem o resultado da mobilidade urbana convencional, um mal incorporado à sociedade e de difícil enfrentamento.Mas o momento de inverter essa lógica é agora. Criar uma nova rotação para as cidades, para as pessoas
JC Recall de Marcas 2019 JC Recall de Marcas 2019
Pitú e Vitarella são as marcas mais lembradas pelo consumidor pernambucano, de acordo com a edição 2019 do Prêmio JC Recall de Marcas. O ranking foi feito a partir de levantamento do Harrop Pesquisa para o Jornal do Commercio.
Especial Tempo de Férias Especial Tempo de Férias
O tempo das férias finalmente chegou e com ele os vários planos sobre o que fazer no período livre. O JC traz algumas dicas de como otimizar o período para voltar renovado do merecido descanso.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM