Jornal do Commercio
Notícia
ARTICULAÇÕES

De olho na Prefeitura do Recife, Túlio Gadêlha se aproxima de PSOL e Rede

Túlio é um potencial candidato à eleição majoritária da capital pernambucana, mas, por ora, o PDT, seu partido, descarta uma aliança com as legendas

Publicado em 12/09/2019, às 08h25

Túlio Gadêlha (PDT) está se aproximando dos dirigentes estaduais de legendas como o PSOL e a Rede / Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados
Túlio Gadêlha (PDT) está se aproximando dos dirigentes estaduais de legendas como o PSOL e a Rede
Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados
Da editoria de Política

A afinidade de ser oposição ao governo Jair Bolsonaro (PSL), está aproximando o deputado federal Túlio Gadêlha (PDT) dos dirigentes estaduais de legendas como o PSOL e a Rede, iniciando conversas em torno da eleição para a Prefeitura do Recife em 2020. Túlio é um potencial candidato à eleição majoritária da capital pernambucana, mas, por ora, o PDT descarta uma aliança com os partidos. 

“A aproximação com Túlio é natural porque temos as mesmas pautas em nível nacional”, explica o presidente do PSOL em Pernambuco, Severino Alves. Ele, contudo, afirmou que a convergência de pautas não significa uma aliança formada.

Segundo Alves, o PSOL vai trabalhar para eleger três a quatro vereadores no Recife e deve ter candidatos próprios na capital pernambucana, Olinda, Paulista, Jaboatão e Goiana. A sigla também criou o Grupo Tático Eleitoral (GTE) para fazer estudos de viabilidade e cenários políticos nos municípios considerados prioritários pelo partido, o que inclui o Recife. 

Membro da Executiva Nacional da Rede, Roberto Leandro também confirmou que a sigla vem tendo conversas com o pedetista. “Tivemos uma conversa inicial com Túlio, mas vamos conversar com todos os atores de forças políticas alinhadas ao nosso campo de aliança programática”, disse ao JC. 



A legenda soltou uma nota informando que não há definição sobre a disputa pela Prefeitura do Recife no próximo ano. 

Presidente estadual do PDT, Wolney Queiroz diz que o seu papel é estimular as futuras candidaturas à Prefeitura do Recife. “É natural Túlio tentar se viabilizar como candidato”, disse. 

Wolney, contudo, também citou a atual secretária de habitação do prefeito Geraldo Julio (PSB), Isabella de Roldão, como um possível nome para a disputa na capital. Ao JC, ele afirmou, ainda, que “a direção do partido não está conversando nem com a Rede nem com o PSOL”. 

A reportagem procurou Túlio Gadêlha, mas não obteve resposta.

Aliança com PSB

Atualmente, o PDT é aliado do governo Paulo Câmara (PSB), ocupando a secretária estadual de Trabalho e Emprego com Alberes Lopes. Nas eleições de 2018, a sigla esteve na majoritária do ex-deputado federal Maurício Rands (PROS), com a própria Isabella como candidata a vice. 




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Irmã Dulce e as lições que se multiplicam Irmã Dulce e as lições que se multiplicam
A Santa Dulce dos Pobres deixou um legado enorme por todo o país, e não poderia ser diferente em Pernambuco. Veja exemplos de quem segue o "anjo bom da Bahia"
Jackson era grande demais para um pandeiro Jackson era grande demais para um pandeiro
Em pouco tempo, Jackson do Pandeiro deixou claro que não se tratava apenas de uma voz a mais no cenário artístico pernambucano. Confira especial sobre o artista
Especial Novo Clima Especial Novo Clima
O inverno não é mais o mesmo. E nem o verão. Os efeitos da crise climática alteraram a rotina de milhares de cidadãos das grandes cidades. O JC traz reportagens especiais desvendando o "novo clima"

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2020 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM
'; status++; } } else { status = 0; document.getElementById("aovivo").style.display = "none"; } setTimeout(function() { aovivo(); }, 180000); })();