Jornal do Commercio
Notícia
PASÁRGADA

Secretário de Itamaracá é preso em operação que mira fraude em licitações

Todos os crimes cometidos pela organização criminosa estão relacionados à atual gestão de Itamaracá, segundo a delegada do caso

Publicado em 12/11/2019, às 08h39

Durante a operação, são cumpridos 12 mandados de prisão temporárias e preventivas, além de 11 mandados de busca e apreensão domiciliar / Foto: Divulgação / Prefeitura
Durante a operação, são cumpridos 12 mandados de prisão temporárias e preventivas, além de 11 mandados de busca e apreensão domiciliar
Foto: Divulgação / Prefeitura
JC Online
Com informações da repórter Lilian Fonseca, da TV Jornal

O secretário de Finanças de Itamaracá, Erival José Salgueiral da Silva Júnior, foi preso na manhã desta terça-feira (12) pela Polícia Civil de Pernambuco durante operação denominada Pasárgada, que visa desarticular uma organização criminosa formada por funcionários públicos acusados de cometer crimes como peculato e fraude a licitação. Segundo a delegada do caso, Isabela Veras Porpino, todos os crimes estão relacionados à atual gestão de Itamaracá.

A investigação iniciou-se em fevereiro de 2019, com o apoio do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco), Ministério Público de Pernambuco (MPPE) e Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE), tendo por objetivo desarticular grupo criminoso voltado para a prática dos crimes.

Durante a operação, são cumpridos 12 mandados de prisão temporárias e preventivas, além de 11 mandados de busca e apreensão domiciliar nas cidades do Recife, Gameleira, Amaraji, Itamaracá, Ribeirão e em Tamandaré. Todos expedidos pela Vara Única da Comarca de Itamaracá. Os detidos estão sendo levados para o Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRACO).

Efetivo

Na execução, foram empregados 60 policiais civis, entre delegados, agentes e escrivães.

Carta Marcada

Um dos mandados de prisão foi cumprido no Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima, contra o ex-secretário de Finanças de Itamaracá, Geraldo Júnior, preso no início de agosto deste ano na operação Carta Marcada.

Nota da prefeitura

Por meio de nota, a Prefeitura da Ilha de Itamaracá disse que "a atual gestão não compactua com quaisquer atos ilícitos ou pratica ações que representem dano ao erário público" e que está a disposição das autoridades para contribuir com a investigação em curso para "comprovar a lisura do governo que está a frente do município". Leia a íntegra da nota:



"A Prefeitura da Ilha de Itamaracá vem a público prestar esclarecimentos a sociedade, em relação ao desdobramento da operação Pasárgada, deflagrada pela Polícia Civil, na manhã desta terça (12).

Cabe esclarecer que a atual gestão não compactua com quaisquer atos ilícitos ou pratica ações que representem dano ao erário público.

Diante disso, a Prefeitura reitera a disposição em contribuir com a investigação em curso, de forma a elucidar os fatos, e assim, comprovar a lisura do governo que está a frente do município.

A Prefeitura também informa que já estão sendo adotadas as medidas administrativas cabíveis em relação ao servidor, como forma de colaborar com o bom andamento da operação, assim como reforçar o compromisso ético da gestão. Nos colocamos a disposição para os devidos esclarecimentos e seguiremos trabalhando pela Ilha de Itamaracá e pelo povo itamaracaense."




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Irmã Dulce e as lições que se multiplicam Irmã Dulce e as lições que se multiplicam
A Santa Dulce dos Pobres deixou um legado enorme por todo o país, e não poderia ser diferente em Pernambuco. Veja exemplos de quem segue o "anjo bom da Bahia"
Jackson era grande demais para um pandeiro Jackson era grande demais para um pandeiro
Em pouco tempo, Jackson do Pandeiro deixou claro que não se tratava apenas de uma voz a mais no cenário artístico pernambucano. Confira especial sobre o artista
Especial Novo Clima Especial Novo Clima
O inverno não é mais o mesmo. E nem o verão. Os efeitos da crise climática alteraram a rotina de milhares de cidadãos das grandes cidades. O JC traz reportagens especiais desvendando o "novo clima"

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2020 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM
'; status++; } } else { status = 0; document.getElementById("aovivo").style.display = "none"; } setTimeout(function() { aovivo(); }, 180000); })();