Jornal do Commercio
Notícia
AGRESTE

Justiça suspende empréstimo de R$ 83 mi solicitado pela Prefeitura de Caruaru

Segundo relatório, a modalidade não poderia ter sido utilizada pelo princípio da não afetação da receita, presente na Constituição

Publicado em 13/11/2019, às 12h05

Em nota, a Prefeitura de Caruaru manifesta que não recebeu nenhuma notificação oficial sobre a
Em nota, a Prefeitura de Caruaru manifesta que não recebeu nenhuma notificação oficial sobre a "suposta decisão da Justiça Federal"
Foto: Divulgação
JC Online

Um contrato de empréstimo entre a Prefeitura de Caruaru, na gestão Raquel Lyra (PSDB), e a Caixa Econômica Federal de R$ 83 milhões foi suspenso nessa terça-feira (12) através de uma ação popular ajuizada pelo advogado Danillo José dos Anjos Gomes. Segundo o relatório do processo, a operação de crédito teria ocorrido com a utilização como garantia de receitas futuras de impostos originária do Fundo de Participação do Município (FPM), sem o aval da União Federal.

O relatório afirma que a modalidade não poderia ter sido utilizada, já que a Constituição Federal protege o princípio da não afetação de receita, que veda a "vinculação de receita de impostos a órgão, fundo ou despesa", com exceção da repartição e destinação dos impostos para as ações e "serviços públicos de saúde, para manutenção e desenvolvimento do ensino e para realização de atividades da administração tributária".

Resposta

Em nota, a Prefeitura de Caruaru manifesta que não recebeu nenhuma notificação oficial sobre a "suposta decisão da Justiça Federal acerca da operação de crédito Finisa", e que "quaisquer decisões que ponham em risco os benefícios diretos à população de Caruaru serão objeto dos devidos recursos, preservando-se, sobretudo, a segurança jurídica e o interesse público". O texto ainda garante que a "gestão municipal tem confiança na manutenção e prosseguimento da referida operação de crédito, visto que os mesmos empréstimos similares foram contraídos por outros municípios e pelo Estado de Pernambuco, também perante à Caixa Econômica Federal".



>>> Leia também: Justiça de Caruaru bloqueia empréstimo de 83 milhões da Caixa para gestão de Raquel Lyra

>>> Leia também: Caruaru: Raquel Lyra diz estar tranquila para explicar operação com a Caixa ao MP

>>> Leia também: MPF abre inquérito sobre empréstimo de 83 milhões da gestão de Raquel Lyra com a Caixa




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Reencontros Reencontros
A menina que salvou os livros numa enchente, o garoto que venceu a raiva humana, o médico que superou a pobreza, os albinos de Olinda e o goleiro de uma só perna foram personagens do projeto Reencontros, publicado em todas as plataformas do SJCC
Especial Nova Rotação Especial Nova Rotação
As cidades estão entrando em colapso. Refletem o resultado da mobilidade urbana convencional, um mal incorporado à sociedade e de difícil enfrentamento.Mas o momento de inverter essa lógica é agora. Criar uma nova rotação para as cidades, para as pessoas
JC Recall de Marcas 2019 JC Recall de Marcas 2019
Pitú e Vitarella são as marcas mais lembradas pelo consumidor pernambucano, de acordo com a edição 2019 do Prêmio JC Recall de Marcas. O ranking foi feito a partir de levantamento do Harrop Pesquisa para o Jornal do Commercio.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM