Jornal do Commercio
Notícia
ELEIÇÃO 2020

Jungmann cita nomes de Marília e Túlio como nomes da oposição na disputa pela Prefeitura do Recife

Ex-ministro diz que ainda é cedo para saber quais os rumos que o futuro pleito vai tomar

Publicado em 13/01/2020, às 21h58

Ex-ministro da Defesa, Raul Jungmann diz que os deputados Marília Arraes e  Túlio Gadelha  podem concorrer a Prefeitura do Recife pela oposição / Foto: Fábio Rodrigues/ Agência Brasil
Ex-ministro da Defesa, Raul Jungmann diz que os deputados Marília Arraes e Túlio Gadelha podem concorrer a Prefeitura do Recife pela oposição
Foto: Fábio Rodrigues/ Agência Brasil
Da Editoria de Política

Embora considere cedo, o ex-ministro Raul Jungmann disse, numa rápida entrevista ao JC, que a oposição tem alguns nomes para disputar a Prefeitura do Recife como os deputados federais Marília Arraes (PT) e Túlio Gadelha (PDT). “Vamos ver o que eles tem a propor”, afirmou, em tom de expectativa. Ao ser questionado sobre a candidatura de João Campos (PSB), ele afirmou que “é um gartoo novo, que tem uma tradição familiar e procura se credenciar no Congresso”.]

“É muito cedo para ver uma direção neste ou naquele sentido”, comentou o ex-ministro da Defesa do governo Michel Temer (MDB). Jungmann está sem partido, mas passou mais de 20 anos no antigo PPS que hoje chama-se Cidadania. Atualmente, o ex-ministro trabalha na área de relações institucionais e de novos negócios do Porto Digital.“Estamos firmando uma parceria com o governo de São Paulo. Há perspectivas que o governador de São Paulo, João Dória (PSDB), assine parcerias com o Porto Digital”, contou. Entre outras atribuições, ele articula a vinda de pessoas influentes para participar dos eventos promovidos pelo Porto Digital.



LUCIANO HUCK 

Um desses convidados que participaram de um evento do Porto Digital foi o apresentador Luciano Huck, cotado para disputar a campanha presidencial de 2022. Para o ex-ministro, Huck “tem uma grande capacidade de comunicação e é uma pessoa preocupada com a desigualdade social” e tem boas intenções. “É uma decisão muito dificil que ele tem pela frente que é de deixar de ser celebridade para entrar no terreno da política que é de oposição, guerra e conflito, não é facil. Eu aplaudo os que se interessam pela política com a perspectiva de mudança, justiça social e democracia”, comentou. Jungmann acrescentou que Huck está conversando com diversos partidos como fez com a Rede e, mais recentemente, até com o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB).




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Irmã Dulce e as lições que se multiplicam Irmã Dulce e as lições que se multiplicam
A Santa Dulce dos Pobres deixou um legado enorme por todo o país, e não poderia ser diferente em Pernambuco. Veja exemplos de quem segue o "anjo bom da Bahia"
Jackson era grande demais para um pandeiro Jackson era grande demais para um pandeiro
Em pouco tempo, Jackson do Pandeiro deixou claro que não se tratava apenas de uma voz a mais no cenário artístico pernambucano. Confira especial sobre o artista
Especial Novo Clima Especial Novo Clima
O inverno não é mais o mesmo. E nem o verão. Os efeitos da crise climática alteraram a rotina de milhares de cidadãos das grandes cidades. O JC traz reportagens especiais desvendando o "novo clima"

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2020 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM