Jornal do Commercio
Notícia
Chapa puro sangue

Partido Novo não vai se aliar à oposição nas eleições do Recife

O Novo descartou possibilidade de apoiar Daniel Coelho (Cidadania) e Patrícia Domingos (Podemos) e Mendonça Filho (DEM) nas eleições do Recife

Publicado em 14/02/2020, às 19h50

Charbel Maroun é pré-candidato à Prefeitura do Recife pelo Partido Novo / Foto: Divulgação
Charbel Maroun é pré-candidato à Prefeitura do Recife pelo Partido Novo
Foto: Divulgação
Luisa Farias
lfarias@jc.com.br

O pré-candidato à Prefeitura do Recife pelo Partido Novo, Charbel Maroun, anunciou nesta sexta-feira (14) que a sigla não vai firmar nenhuma aliança com o grupo de oposição nas eleições do Recife. 

Segundo Charbel, a sigla decidiu não apoiar os pré-candidatos Daniel Coelho (Cidadania) e Patrícia Domingos (Podemos) ou Mendonça Filho (DEM), que vem sendo apontado como possível candidato à Prefeitura do Recife pelo DEM, pelo fatos dos seus respectivos partidos usarem o fundo partidário. 

>> Partido Novo faz processo seletivo de R$ 350 para escolher candidatos a vereador do Recife

>> Eleições 2020: Você sabe o que um prefeito faz?

O Partido Novo tem entre as suas principais bandeiras a não utilização de recursos públicos para manter as suas atividades. A sigla acredita que cabe a quem apoia os projetos do partido financiá-lo. 

"Só coligaríamos com algum partido se essa legenda não usasse fundo partidário, se abrisse mão de usar o fundo eleitoral para bancar suas campanhas" afirmou Charbel, que é um dos fundadores do Partido Novo em Pernambuco. 



Em um cenário de segundo turno nas eleições do Recife, o Partido Novo considera apoiar somente candidatos partidos do campo da direita, mas não faz menção à utilização do fundo partidário. 

No campo da esquerda, são apontados como candidatos à sucessão do prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), os deputados federais João Campos (PSB), Marília Arraes (PT) e Túlio Gadêlha (PDT).

Propostas do Novo

As principais propostas do novo, segundo Charbel, giram em torno da mobilidade urbana e habitação. Dentro da mobilidade, também figura o debate sobre o transporte público. "Queremos enfrentar o cartel que é o Consórcio Grande Recife", disse Charbel.

O foco na proposta da habitação é revitalizar o centro do Recife. "Vamos tirar todas as normas de regulações que estejam impedido que novos habitacionais sejam reformados e construídos", completou Charbel. 




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Irmã Dulce e as lições que se multiplicam Irmã Dulce e as lições que se multiplicam
A Santa Dulce dos Pobres deixou um legado enorme por todo o país, e não poderia ser diferente em Pernambuco. Veja exemplos de quem segue o "anjo bom da Bahia"
Jackson era grande demais para um pandeiro Jackson era grande demais para um pandeiro
Em pouco tempo, Jackson do Pandeiro deixou claro que não se tratava apenas de uma voz a mais no cenário artístico pernambucano. Confira especial sobre o artista
Especial Novo Clima Especial Novo Clima
O inverno não é mais o mesmo. E nem o verão. Os efeitos da crise climática alteraram a rotina de milhares de cidadãos das grandes cidades. O JC traz reportagens especiais desvendando o "novo clima"

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2020 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM