Jornal do Commercio
FÁBRICA

Fábrica da Chery que está à venda volta a produzir

Produção de veículos da marca chinesa no interior de São Paulo volta a operar depois de um mês paralisada por conta de uma greve

Publicado em 30/10/2017, às 15h34

Fábrica que a chinesa Chery tem no Brasil produz cerca de 30 veículos por dia  / Divulgação
Fábrica que a chinesa Chery tem no Brasil produz cerca de 30 veículos por dia
Divulgação
Editoria de Veículos

A greve que paralisou a fábrica da Chery em Jacareí (SP) desde o dia 28 de setembro terminou na manhã desta segunda-feira (30). A Chery, que pertence ao governo Chinês, há cerca de 15 dias colocou metade da participação da empresa no Brasil à venda na Bolsa de Valores chinesa.

CHERY

Os cerca de 400 operários da fábrica da Chery no Brasil decidiram voltar ao trabalho aceitando a proposta de reajuste salarial de 1,73% proposto pela montadora. Os metalúrgicos pediam 3,73% de aumento. A empresa se propôs a cumprir uma das reivindicações dos trabalhadores, a de não terceirizar a mão-de-obra da fábrica, que estava prevista por conta da flexibilização das leis trabalhistas.



A Chery produz cerca de 30 veículos por dia, dos modelos QQ e Celer e tem previsão de ainda este ano lançar o Tiggo2, a nova geração do SUV da marca. A Chery já teve uma revenda no Recife mas, apesar da abertura da fábrica, em 2014, nunca conseguiu cumprir as metas de produção e de vendas de seus carros, o que levou a reduzir o número de concessionárias.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

BRT: E agora? BRT: E agora?
Ele está ferido, sofrido. Esquecido. E sem perspectivas de melhoria. Tem sobrevivido como é possível e, apenas pontualmente, esboça reações positivas. O sistema BRT, Bus Rapid Transit, tem sofrido de inanição em todo o País. E poderá se perder.
Especial educação Especial educação
E se você descobrisse que o futuro ligado às tendências que irão norteá-lo já chegou? O mundo hoje é um mar de oportunidades, para conhecimento, informação e inovação. Cada vez mais o profissional precisa evoluir. Por isso veja o caminho a seguir
A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza
A capital cearense, diferentemente da pernambucana – embora nordestina também – deu um salto na infraestrutura viária voltada para as bicicletas. A cidade está repleta de ciclofaixas. Por toda parte. E a grande maioria conectada

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM