Jornal do Commercio
energia

Falta estrutura para atendimento

Com catástrofe recente, problema foi evidenciado

Publicado em 03/02/2016, às 14h54

Marcelo Santana

Como ex-funcionário da Celpe, posso afirmar que a empresa não dispõe de material humano suficiente e nem qualificado para atender demandas rotineiras de Pernambuco. Com a catástrofe que se abateu no Grande Recife, dia 29, o problema ficou mais evidente. Depois da privatização, houve diminuição acentuada do corpo técnico operacional, transferindo essas tarefas às empresas terceirizadas, que não dão o mesmo treinamento aos eletricistas. Além disso, não há órgãos reguladores que fiscalizem, com eficácia, a qualidade de atendimento da referida concessionária, nos restando apenas pagar as contas de energia, cada vez mais salgadas.



Palavras-chave




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Especial educação Especial educação
E se você descobrisse que o futuro ligado às tendências que irão norteá-lo já chegou? O mundo hoje é um mar de oportunidades, para conhecimento, informação e inovação. Cada vez mais o profissional precisa evoluir. Por isso veja o caminho a seguir
A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza
A capital cearense, diferentemente da pernambucana – embora nordestina também – deu um salto na infraestrutura viária voltada para as bicicletas. A cidade está repleta de ciclofaixas. Por toda parte. E a grande maioria conectada
Cantos e Recantos Cantos e Recantos
A temporada de sol está nos espreitando, e a Praia de Boa Viagem é sempre uma opção de passeio. Mas que tal ousar um pouquinho na quilometragem e desbravar outros destinos? Pernambuco tem muitos lugares fantásticos e você vai adorar o roteiro que o JC fe

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM