Jornal do Commercio
agreste

Wesley Safadão doa os R$ 575 mil de cachê do São João de Caruaru para instituições de caridade

Artista cearense foi a grande atração da programação entre sábado e domingo, lotando o pátio do forró na cidade do Agreste

Publicado em 26/06/2016, às 07h09

Cantor se apresentou na madrugada deste domingo em Caruaru / Foto: São João de Caruaru/Divulgação
Cantor se apresentou na madrugada deste domingo em Caruaru
Foto: São João de Caruaru/Divulgação
JC Online
Com informações do NE10 Interior

Após polêmica provocada em torno do cachê de Wesley Safadão para tocar no São João de Caruaru, com ameaça até de suspensão do show por via judicial, o artistas se apresentou na madrugada deste domingo (26) com o pátio de eventos superlotado e anunciou no palco que vai doar os R$ 575 mil para instituições de caridade da cidade.

   >>> RELEMBRE
          - Safadão fará show por R$ 575 mil
          - Prefeito terá que explicar cachê ao Ministério Público
          - Advogados pedem cancelamento de show
          - Show de Wesley Safadão é suspenso pela Justiça
          - Safadão confirmado em Caruaru após liminar cair

Wesley foi a grande atração do dia na grade de programação de shows da cidade. "Todo o meu cachê, eu não vou pegar um centavo. Sabe por que? Porque música é isso, eu amo o que eu faço. Deus já me abençoa demais. Então o meu cachê vai ser revertido para as instituições de caridade aqui de Caruaru", anunciou.  

O imbróglio começou após a revelação de que a prefeitura de Caruaru pagaria R$ 575 mil pelo show do artista. O valor gerou polêmica, levando o Ministério Público Federal a cobrar explicações do profeito José Queiroz.

O cachê gerou também uma ação popular impetrada por três advogados. A Justiça chegou a conceder liminar suspendendo a apresentação. Mas, no dia seguinte, um desembargador do Tribunal de Justiça de Pernambuco derrubou a decisão provisória, liberando o show do cearense na Capital do Forró. A ação segue tramitando.

"O problema foi resolvido, o que tinha pra ser provado foi provado. Várias pessoas foram no meu instagram: 'Tu tá tirando dinheiro de Caruaru. Caruaru tá assim, tá assado'. Gente, o problema do País não é culpa minha, não. O problema do País é o governo que tem que resolver", afirmou.

Recomendados para você


Comentários

Por Jean ,28/06/2016

Pare de fingir WS !!Você está preocupado e com sua imagem e não com o povo !O problema e que os poderes publicas, pediram explicações sobre esse valor absurdo que foi pago a você pra cantar em uma cidade que não tem nem água encanada direito e pouquíssima infraestrutura !! Você faz parte dessa industria de que engana o povo chamada, Pão e Circo !!

Por antonio,27/06/2016

Queria ver o nome da instituição também ! só diz a instituição de caridade, mais o nome é fantasma kkkkkkk

Por Joan,27/06/2016

Se fosse santo, não diria a ninguém. Ele só faz isso para lavar a imagem dele, e esse dinheiro é pipoca pra ele. Sua imagem foi perjudicada, e ele pagou pra lava-la. Pobre de quem pense que uma pessoa que é realmente generosa vai divulgar que ele vai doar o dinheiro. Quem é generoso, não usa uma doação para melhorar a imagem. Para mim, a hipocrisia foi tão grande que era melhor ele ter ficado com o dinheiro. Agora ele mostrou sua cara de populista. Da pra ver que quer fazer sucesso na política(gem). Continuem acreditando em rico. Poucos prestam.

Por Marie,27/06/2016

Acredite se quiser! Manobra já conhecida dos larápios...kkkkkk Gostaria de ver publicado os recibos das instituições recebedoras....Política apenas a politicagem suja de sempre...E o safadom levando o dele $$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$!

Por Capitão Nemo,27/06/2016

SERÁ?????



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC recall de marcas 2017 JC recall de marcas 2017
Conheça o ranking das marcas que têm conseguido se manter no topo da preferência dos pernambucanos. O rol é resultado de uma pesquisa realizada pelo Instituto Harrop, há duas décadas parceiro do Jornal do Commercio na realização da premiação
10 anos do IJCPM 10 anos do IJCPM
O Instituto João Carlos Paes Mendonça de Compromisso Social (IJCPM) comemora 10 anos de história, contribuindo para transformar a vida de jovens de comunidades com histórico de desigualdade social nas cidades de Recife, Salvador, Fortaleza e Aracaju
Chapecoense: um ano de saudade Chapecoense: um ano de saudade
Um ano de saudade. Foi isso que restou. A maior tragédia do esporte mundial, no dia 29 de novembro de 2016, quando houve o acidente aéreo com a delegação da Chapecoense, em Medellín, na Colômbia, fez 71 vítimas. Entre elas, dois pernambucanos

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM