Jornal do Commercio
Timbu

Conheça Beto Campos, o novo técnico do Náutico

Treinador gaúcho fez carreira no Rio Grande do Sul, onde conquistou três Estaduais

Publicado em 14/06/2017, às 11h49

Beto Campos conquistou o Campeonato Gaúcho, este ano, pelo Novo Hamburgo / Elenise Martins/ECNH
Beto Campos conquistou o Campeonato Gaúcho, este ano, pelo Novo Hamburgo
Elenise Martins/ECNH
Luana Ponsoni
esportes@jc.com.br

O novo técnico do Náutico, Beto Campos, vai encontrar o Timbu em situação bastante complicada na Série B do Campeonato Brasileiro. Após sete rodadas, o alvirrubro ainda não venceu na Segundona e amarga a lanterna da competição, com dois pontos. Para encarar o desafio de resgatar o Náutico, ele assume motivado pelo fato de ter obtido um feito que entrou para história do futebol do Rio Grande do Sul. Beto foi o responsável por comandar o Novo Hamburgo ao título Gaúcho em 2017, após 17 anos de monopólio do Grêmio e Internacional.

Antes, apenas Tite, atual comandante da seleção brasileira, realizou algo semelhante. Em 2000, o comandante da Canarinho levou o Caxias ao título no Estadual do Rio Grande do Sul.

Assim que terminou o Gauchão, porém, Beto Campos deixou o Novo Hamburgo. Na verdade, essa decisão foi tomada por ele antes mesmo das semifinais com o Grêmio. O desejo do técnico era conhecer a estrutura de um clube maior, já que o Novo Hamburgo é tido como um time de "interior" no Rio Grande do Sul.



Depois que saiu do Novo Hamburgo, o técnico passou o fim de maio no Flamengo, onde fez um intercâmbio e cursos de atualização. De lá, a intenção já era fechar com um novo clube. Ele chegou a ser cogitado para substituir Argel Fucks no Vitória e também recebeu propostas do Paraná, mas não houve acordo quanto ao restante da comissão técnica.

Beto Campos é gaúcho, tem 54 anos, e foi jogador de futebol na juventude, atuando como meia. Ele iniciou a carreira de treinador no início dos anos 2000, assumindo o Juventude de Santa Rosa. Teve passagens ainda no Tupi Criciumal, Três Passos e o Santo Ângelo. Em 2011, conquistou a Segunda Divisão do Gauchão com o Avenida.

FEITO

Em 2016, novo título na Segunda Divisão do Campeonato Gaúcho com o Caxias. Um ano depois foi campeão da Primeira Divisão do Gauchão com o Novo Hamburgo. Na final, o time de Beto Campos bateu o Internacional por 3x1 nos pênaltis. Na ida houve empate por 2x2 e, na volta, nova igualdade no marcador, só que por 1x1.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.
Agreste seco Agreste seco
A seca colocou de joelhos uma região inteira. Fez o Agreste sertanejar. Os cinco anos consecutivos sem chuva em Pernambuco ganharam aqui a dimensão de uma tragédia. Silenciosa e diária.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM